Busca

Vatican News
Padre José Manuel pertencia à Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus (Dehonianos) Padre José Manuel pertencia à Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus (Dehonianos) 

Ao socorrer fiel em assalto, sacerdote é assassinado na Venezuela

Quem o conheceu, recorda seu espírito carismático e dinâmico, sempre interessado em desenvolver atividades inovadoras. Com um caráter afável e tranquilo, estava sempre disponível para ajudar os irmãos, diz uma nota da Conferência Episcopal da Venezuela.

Vatican News

O bispo da diocese de São Carlos de Venezuela, Dom Polito Rodríguez Méndez, juntamente com a Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus (Dehonianos), divulgou um comunicado onde informa sobre a morte violenta do padre José Manuel de Jesus Ferreira, pároco do Santuário Eucarístico Diocesano de São João Batista.

O assassinato ocorreu na terça-feira, 20 de outubro, após o sacerdote ter celebrado a Missa na presença de poucos fiéis devido à pandemia, enquanto os saudava do lado de fora da igreja, já na rua. A declaração termina pedindo uma oração pelo sacerdote.

A Conferência Episcopal da Venezuela, que condenou o fato, informa em nota enviada à Agência Fides as palavras de Dom Polito Rodríguez Méndez: “O sacerdote, no momento de saudar este pequeno grupo de pessoas, viu uma mulher que havia sido roubada. Ao ir em seu auxílio, recebeu um tiro. Até ao último momento, o padre José Manuel fez o bem”.

Apesar de ter sido levado ao Hospital de São Carlos, o sacerdote veio a falecer logo depois. O funeral foi celebrado ainda na terça-feira, na paróquia onde exercia seu ministério.

Padre José Manuel nasceu em Caracas (Venezuela) em 25 de novembro de 1980, filho de imigrantes portugueses. Entrou para a Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus em 2000. Foi ordenado sacerdote em 19 de dezembro de 2009.

Atualmente era pároco no Santuário Eucarístico "San Juan", onde havia iniciado a restauração do Santuário que remonta à época colonial e estava promovendo diversas atividades sociais em favor dos mais desfavorecidos.

Entre outros encargos, era responsável pela Pastoral missionária da Diocese de São Carlos. Quem o conheceu, recorda seu espírito carismático e dinâmico, sempre interessado em desenvolver atividades inovadoras. Com um caráter afável e tranquilo, estava sempre disponível para ajudar os irmãos.

Agência Fides - CE

22 outubro 2020, 12:01