Busca

Vatican News
Em 20 de outubro, outro sacerdote havia sido assassinado na Venezuela Em 20 de outubro, outro sacerdote havia sido assassinado na Venezuela  (ANSA)

Provavelmente vítima de furto, sacerdote é assassinado na Argentina

Em mais um ano, a América tem se revelado como o continente mais perigoso para a vida religiosa.

Vatican News

“Queridos irmãos: Quero comunicar que por causa de um roubo, mataram o padre Coqui Vaudagna. Rezamos por seu descanso eterno, para que Deus console sua família”.

Com essas palavras, Dom Adolfo Uriona, FDP, Bispo de Villa de la Concepcion del Río Cuarto, informou pelo twitter sobre a trágica morte do sacerdote argentino.

 

Padre Jorge Vaudagna, conhecido como “Padre Coqui”, pároco de Vicuña Mackenna, município do Departamento de Río Cuarto, província de Córdoba, Argentina, 58 anos, foi encontrado morto na noite de terça-feira, 27 de outubro.

Segundo fontes locais, ele foi baleado e morto em uma provável tentativa de roubo em sua paróquia, que fica no centro da cidade. No momento não há outros detalhes, enquanto seguem as investigações.

Por meio das redes sociais, a Agência Fides recebeu o vídeo testemunho do padre Jorge Luis Basso, amigo do “padre Coqui” e ex-pároco de Vicuña Mackenna, que enfatiza a disponibilidade e as qualidades de homem de Deus do padre Jorge Vaudagna.

Agência Fides - CE

29 outubro 2020, 10:12