Busca

Vatican News
Missa de Natal na Catedral de Jakarta Missa de Natal na Catedral de Jakarta  (AFP or licensors)

Na Indonésia, o "youtuber" padre Susanto ensina a Bíblia on-line

O canal youtube do padre Susanto oferece mais de 300 vídeos a mais de 130 mil inscritos, o que lhe valeu o “Silver Button Award”, prêmio que o YouTube atribui a quem supera os 100 mil assinantes.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

Existem aqueles desportistas, os "masterchefs", os experts em moda, viajantes, gênios da informática e tantos outros. É muito variado o mundo dos "YouTubers", ou seja, aqueles que, por meio da publicação de vídeos em seu próprio canal YouTube, aprofundam algum tópico específico ou falam de sua própria experiência.

O padre Josep Ferry Susanto, sacerdote da Indonésia, figura entre eles, mas claro, de uma forma bem diferente: o objetivo de seu canal no YouTube, de fato, não é fama nem ganho econômico, mas a evangelização.

43 anos, ordenado sacerdote em 2006, padre Josep estudou no Pontifício Instituto Bíblico de Roma; então, ao retornar à Indonésia, começou a lecionar na Escola de Filosofia dos jesuítas em Driyarkara em 2012.

Dois anos mais tarde, partiu para as Filipinas, onde continuou seus estudos, e em 2017 voltou para a Indonésia, onde retomou o ensino da Bíblia nas escolas e em vários institutos e paróquias locais de Jacarta, tornando-se também presidente da Comissão Bíblica diocesana.

Em fevereiro de 2019 - contou à agência Ucanews -  em um encontro de sacerdotes da Arquidiocese de Jacarta, padre Josep encontra um ex-aluno que lhe fala das oportunidades que o mundo das redes sociais oferece, em particular pela partilha de vídeos on-line. Disto, nasce a ideia de levar evangelização para a web, criando um canal especial, denominado simplesmente “Aprender a Bíblia com o padre Josep”. "Eu queria convidar as pessoas a lerem as Sagradas Escrituras comigo, ensinando-lhes que pode ser bom aprender corretamente a Palavra de Deus e compreender sua mensagem profunda."

O primeiro vídeo postado no canal foi dedicado às mães na Bíblia. Padre Josep admite que não era grande coisa: gravado com o celular colocado sobre uma pilha de livros, como um tripé, e editado com um aplicativo simples, o vídeo não foi particularmente apreciado pelos fiéis, especialmente pela parte técnica. Mas o sacerdote não se deu por vencido: buscou um equipamento mais profissional, reeditou o vídeo e fez um treinamento em gravação, tanto que, em poucas semanas, seu canal no YouTube alcançou milhares de inscritos. Muitos deles já eram fiéis seguidores do padre Josep que, quando estudava em Roma, lhes enviava meditações diárias sobre a Bíblia via Whatsapp.

Atualmente, o canal do padre Susanto oferece mais de 300 vídeos a mais de 130 mil inscritos, o que lhe valeu o “Silver Button Award”, prêmio que o YouTube atribui a quem supera os 100 mil assinantes.

Os vídeos de padre Josep nunca duram mais do que dez minutos: “Tenho sempre presente o pedido que me fez o arcebispo de Jacarta, Dom Ignatius Suharyo - explica o sacerdote – ou seja, fazer com que os católicos amem e leiam a Bíblia. Por isso, meus vídeos são simples: não quero complicar o ensino bíblico”.

 Do canal do YouTube o padre Susanto também obtém um ganho econômico, mas faz questão de esclarecer que “não é que tenha colocado a Palavra de Deus à venda, e não o faço por interesse pessoal. A receita que vem da web é reinvestida em boas causas, como apoiar o hospital católico local ou doar alimentos aos mais necessitados”. “Quero que meus vídeos sejam uma bênção para os outros - conclui ele - Meu único propósito é fazer com que o mundo conheça a glória de Deus”.

Vatican News Service - IP

05 outubro 2020, 13:13