Busca

Vatican News
Ação de conscientização para reciclar o lixo e ajudar catadores já está inscrita no site Ação de conscientização para reciclar o lixo e ajudar catadores já está inscrita no site  (AFP or licensors)

Inscreva a ação da sua comunidade em defesa da Casa Comum e inspire milhares de cristãos

O Movimento Católico Global pelo Clima convida os interessados para inscrever as ações realizadas localmente, durante todo o período do Tempo da Criação (de 1° de setembro a 4 de outubro), no site www.seasonofcreation.org/pt. O projeto pretende inspirar milhares de cristãos para agir em defesa da Casa Comum, como no Brasil: além de celebrações e seminários, já estão inscritas ações de reflorestamento, mutirão de limpeza em rio, projeto de reciclagem de lixo e coleta de óleo de fritura usado.

Andressa Collet - Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

A celebração anual de oração e ação pela Casa Comum começou nesta terça-feira, 1° de setembro, e termina só em 4 de outubro. Cristãos do mundo inteiro devem se mobilizar numa única família global para celebrar o Tempo da Criação. O Movimento Católico Global pelo Clima convida todos os interessados para inscrever as ações realizadas localmente, durante todo o mês, num site especial: www.seasonofcreation.org/pt.

O projeto pretende inspirar milhares de cristãos para agir em defesa da Casa Comum. Através de um mapa ilustrativo no site, as pessoas próximas ao local do evento podem descobrir sobre todas as atividades cristãs juntas, fazer planos para apoiar a ação e a própria organização promotora. Se não puder comparecer ao evento, talvez ainda entre em contato e se torne voluntário regular.

Pessoas que vivem em lugares distantes também podem se inspirar na ideia do evento compartilhado e promover projetos semelhantes na sua região. Ou, se o evento for on-line, pessoas de todo o mundo vão poder participar.

Ações do Tempo da Criação direto do Brasil

Portanto, o período de restauração e esperança que vai ajudar os cristãos ao redor do mundo a cuidar da Criação acaba de começar, inclusive com iniciativas do Brasil. Nesta terça-feira (1), às 20h, tem missa de abertura do Tempo da Criação com dom Luiz Soares, arcebispo emérito de Manaus, a partir de Santa Fé, no Paraná.

A partir desta terça-feira, Dia Mundial pelo Cuidado da Criação, até o dia 22 de setembro, quatro palestras on-line irão aprofundar o tema da “ecologia integral e espiritualidade do cuidado”. Os encontros com carga horária de 8 horas, com entrega de certificados, serão promovidos pela seção de Florianópolis da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), em comemoração aos 50 anos da regional.

No Convento da Penha em Vila Velha, no Espírito Santo, até o final do Tempo da Criação, em 4 de outubro, o Grupo Fraternidade e Vida vai promover a campanha “O lixo que vira pão”. A ideia é estimular as pessoas, através de depoimentos apresentados em vídeos, a separar os resíduos domésticos, em secos e úmidos: se cada um aprender a fazer o tema de casa, os catadores vão poder vender os resíduos recicláveis e comprar o pão do dia a dia, encoraja a campanha, “porque lixo sujo não pode ser reaproveitado, nem reciclado”.

No sábado, 5 de setembro, a mobilização às 8h, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, é pelo reflorestamento em comemoração ao Dia da Amazônia aos fundos da Paróquia Rincão do Senhor. A iniciativa é do projeto REMOMA, há 18 anos em atuação junto à Paróquia São Gonçalo de Amarante.

No próximo domingo (6), a Rádio Bambina e as redes sociais da Paróquia Santa Cruz de de Alta Floresta, diocese de Sinop, no Mato Grosso, transmite missa de abertura pelo Tempo da Criação às 19h30.

No dia 9 de setembro, o convite é direcionado à comunidade de Campinas, São Paulo: a partir das 9h vai ter plantio das “Árvores da Esperança”, numa celebração orante de vida, no Jardim Ipaussurama.

Em 14 de setembro, a partir das 15h, em modalidade virtual, começa a Semana Laudato si’ da AUSJAL, a Associação de Universidades Confiadas à Companhia de Jesus na América Latina), através do Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente da PUC-Rio.

Em 19 de setembro, o Centro Catequético da Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima de Apucarana, no Paraná, vai fazer uma coleta de óleo de fritura usado. Os voluntários da Pastoral do Meio Ambiente vão recolher a partir das 9h, no estacionamento paroquial, e aconselham a trazer o óleo usado em garrafa PET ou numa embalagem de detergente ou amaciante, bem fechada.

No mesmo dia, um pouco mais cedo, às 8h, também começa o mutirão de limpeza do Rio Paranapanema, em Timburi, São Paulo. A ação anual é feita pelos voluntários do setor público da prefeitura, Igreja e pescadores para a preservação do meio ambiente através da limpeza das margens do rio, ao coletar lixo acumulado e enviar à Cooperativa de Reciclagem local.

Já o projeto de agroecologia integrada e sustentável do Lar São José acontece no dia 26 de setembro, às 10h, em Itapira, São Paulo. O projeto incentiva a produção de alimentos orgânicos, o cultivo de hortaliças e a criação de aves, em equilíbrio, que produz comida num ambiente saudável.

01 setembro 2020, 15:34