Busca

Vatican News
O cultivo da cannabis é proibido no Sri Lanka e seu uso só é permitido na medicina tradicional ayurvédica. O cultivo da cannabis é proibido no Sri Lanka e seu uso só é permitido na medicina tradicional ayurvédica. 

Líderes religiosos do Sri Lanka contrários à legalização da cannabis no país

“Se a cannabis for legalizada, isso vai criar outra ameaça para o país”, disse o cardeal Albert Malcolm Ranjith, arcebispo de Colombo.

Vatican News

Os líderes religiosos do Sri Lanka estão alarmados diante dos esforços feitos por alguns grupos para promover o cultivo da cannabis, num momento em que o governo está adotando medidas severas contra a disseminação da droga no país, que agora se tornou um importante ponto de trânsito para os traficantes de narcóticos. De acordo com o Conselho Nacional de Controle de Drogas Perigosas, cerca de 400.000 pessoas no Sri Lanka são viciadas em cannabis e cerca de 97.000 em heroína.

A legalização da cannabis se tornou um tema polêmico nas redes sociais. Seu cultivo é proibido no Sri Lanka e seu uso só é permitido na medicina tradicional ayurvédica. No entanto, pesquisas recentes mostraram que, se fosse produzida e exportada, permitiria ganhar mais em divisas do que em outras exportações.

O cardeal Albert Malcolm Ranjith, arcebispo de Colombo, diante desta possibilidade e dizendo-se satisfeito com os esforços realizados até agora, instou o governo – lê-se na UCA News - a continuar a tomar medidas severas contra as drogas. “Se a cannabis for legalizada - disse ele -, isso vai criar outra ameaça para o país”.

Sacerdotes católicos e outros líderes religiosos também se manifestam contra o aumento do uso de drogas ilegais. O venerável Ittapana Dhammalankara Thera, monge budista à frente do Kotte Sri Kalayani Samagri Dharma Maha Sangha de Siyam Maha Nikaya, declarou em uma entrevista coletiva convocada pela Sri Lankan Temperance Association, no Congresso Budista de All-Ceylon, em 22 de setembro em Colombo, que o governo deve fazer todos os esforços para fazer cumprir rigorosamente as leis e erradicar as drogas, incluindo a maconha.

Vatican News Service - AP

25 setembro 2020, 14:09