Busca

Vatican News
Sagrada Escritura Sagrada Escritura 

São Jerônimo e a primeira tradução da Bíblia dos textos originais

A Bíblia de Gutenberg, em 1456, foi o primeiro livro impresso da história. Para esta primeira edição foi escolhida justamente a Vulgata de São Jerônimo.

 

Lurdinha Nunes  - Vatican News

Em 386 São Jerônimo se estabeleceu nas proximidades da Basílica da Natividade, para dedicar-se ao estudo da Bíblia. A ele se deve a célebre versão latina (Vulgata), que mais tarde se tornou oficial na Igreja do Ocidente e de suma importância para a transmissão das Escrituras.

Próximo à gruta da Natividade estão as grutas de São José, dos  Santos Inocentes  e a gruta de São Jerônimo onde ele dedicou  mais de 40 anos à tradução dos textos bíblicos originais, do hebraico e do grego, para o latim. Descrever São Jerônimo não é tarefa fácil.

Dálmata de cultura enciclopédica, se retirou no deserto próximo a Antioquia, berço do cristianismo, vivendo em penitência. Depois, tornando-se sacerdote, iniciou uma intensa atividade literária. Em Roma foi colaborador do Papa Dâmaso. Após sua morte, Jerônimo retirou-se para Belém.

Fr. EUGENIO ALLIATA, ofm - Studium Biblicum Franciscanum - Jerusalém

No ambiente em que se situa a Gruta da Natividade, onde segundo a tradição Jesus nasceu, existem muitas outras grutas, tanto à direita quanto à esquerda, mais ou menos profundas, e mais ou menos sempre dispostas de alguma forma pelo homem como lugares de veneração. Devido à seu interesse religioso, a proximidade com a gruta de Jesus, criou esse interesse nas grutas próximas. Quanto à gruta de São Jerônimo, é a gruta que fica precisamente no lado norte da Gruta da Natividade.

Fr. EUGENIO ALLIATA, ofm - Studium Biblicum Franciscanum – Jerusalém

Foram pouco mais de 40 anos - porém um período que deu resultados extremamente importantes, especialmente para a história da Igreja Ocidental em que a língua era o latim. A partir daquele momento, todos poderiam usar uma tradução da Bíblia feita diretamente dos textos originais, de acordo com a visão de São Jerônimo, para o qual, era preciso seguir a verdade hebraica, não as modificações feitas nas traduções subsequentes da Bíblia.Esta ideia é muito moderna, e hoje todos lêem na primeira página de cada Bíblia: "traduzida dos textos originais". É preciso dizer que São Jerônimo teve essa preciosa intuição já naquele tempo.

A Bíblia de Gutenberg, em 1456, foi o primeiro livro impresso da história. Para esta primeira edição foi escolhida justamente a Vulgata de São Jerônimo. É conhecida como a Bíblia de 42 linhas e está dividida apenas em capítulos. Os versículos foram introduzidos em 1527. Com o passar dos séculos chegou aos nossos dias e continua sendo o livro mais lido, traduzido e impresso em todas as línguas.

São Jerônimo e a primeira tradução da Bíblia dos textos originais

 

30 setembro 2020, 16:23