Vatican News
O caminho para o sacerdote "é viver e testemunhar Cristo”. O caminho para o sacerdote "é viver e testemunhar Cristo”.  (ANSA)

Novos sacerdotes no Paquistão, esperança para a Igreja em meio à pandemia

Atualmente, a Igreja Católica no Paquistão - nas Arquidioceses de Karachi e Lahore, nas Dioceses de Islamabad-Rawalpindi, Faisalabad, Multan, Hyderabad e no Vicariato Apostólico de Quetta - tem 173 sacerdotes diocesanos e 134 sacerdotes membros de ordens religiosas.

Vatican News

“O jovem sacerdote é sempre um dom para o Povo de Deus, escolhido como profetas e apóstolos para aproximar as pessoas de Deus. É responsabilidade do sacerdote servir as pessoas e acompanhá-las para uma vida de santidade. Este é um dia para celebrar e rejubilar: tenhamos todos os sacerdotes em nossas orações".

Foi com alegria que o arcebispo de Karachi, cardeal Joseph Coutts, comentou à Agência Fides o fato de que, durante o tempo da Covid-19, a Igreja Católica no Paquistão recebeu o dom de novos sacerdotes.

“O sacerdote – disse o purpurado - é aquele que se faz próximo do povo de Deus em meio às tensões, preocupações e dificuldades, com uma mensagem de esperança e de paz, proclamando a Palavra de Deus. O caminho para ele é viver e testemunhar Cristo”.

Conforme informado à Fides, o cardeal Joseph Coutts presidiu nos últimos dias o rito de ordenação sacerdotal do diácono Rashid Aslam, na presença de mais de 1000 fiéis, 51 sacerdotes, religiosas e seminaristas na Catedral de São Patrício, em Karachi. A Celebração Eucarística foi realizada de acordo com os protocolos previstos para a epidemia de Covid-19. Os fiéis entravam na Catedral usando máscaras e sentavam respeitando a distância, após a higienização das mãos.

Além disso, no início de agosto, na Diocese de Hyderabad, Dom Samson Shukardin OFM conferiu o sacerdócio aos diáconos, padre Sunil Ashraf, diocesano, e padre Perkho Sono OFM, na Catedral de São Francisco Xavier, de Hyderabad.

Durante a cerimônia de ordenação, o bispo dirigiu-se à assembleia, afirmando que “os novos sacerdotes são um sinal de esperança para a Igreja e uma bênção para a comunidade. Testemunham que a Igreja está crescendo e a sua missão evangelizadora continua, apesar das dificuldades e desafios do mundo.

Atualmente, a Igreja Católica no Paquistão - nas Arquidioceses de Karachi e Lahore, nas Dioceses de Islamabad-Rawalpindi, Faisalabad, Multan, Hyderabad e no Vicariato Apostólico de Quetta - tem 173 sacerdotes diocesanos e 134 sacerdotes membros de ordens religiosas.

A Igreja Católica no Paquistão abriu suas igrejas em 15 de agosto, na Solenidade da Assunção da Bem-Aventurada Virgem Maria, após o lockdown de cinco meses, iniciado em março de 2020. Os fiéis começaram a participar da Santa Missa respeitando as novas disposições de prevenção da saúde.

O Paquistão registra uma média diária de 300 novos casos de positividade para Covid-19. Até este 4 de setembro, o número total de pessoas infectadas é de 297.512 e 6.335 óbitos.

(AG/PA - Agência Fides)

04 setembro 2020, 11:04