Busca

Vatican News
Apesar da pandemia global que atinge o quotidiano das pessoas, "existe uma oportunidade, na dificuldade da doença, para manifestar o amor". Apesar da pandemia global que atinge o quotidiano das pessoas, "existe uma oportunidade, na dificuldade da doença, para manifestar o amor".  (AFP or licensors)

Dia Mundial das Missões no Malawi: tempo de estar com a Igreja

“Ainda temos outra oportunidade para nós, cristãos no Malawi, de desempenhar um papel vital na pregação do Evangelho, não somente por meio de doações, mas também por nossas obras. É tempo de estar com a Igreja, e esses três meses de preparação nos deram todo o tempo para realmente nos prepararmos, para que possamos ter um Dia Missionário especial em outubro deste ano", disse uma leiga malauiense.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

Devido ao coronavírus, a Igreja Católica no Malawi prepara-se para celebrar o Dia Mundial das Missões deste ano em modalidades diferentes.

De fato, decidiu-se fazer amplo uso dos meios de comunicação católicos, como a Rádio Maria Malawi, onde se pronunciou nestes dias o bispo de Mangochi, Dom Montfort Sitima, e a Luntha Television, que deu espaço para o diretor nacional das Pontifícias Obras Missionárias do Malawi, padre Vincent Mwakhwawa.

Em uma Missa televisionada, pe. Mwakhwawa destacou a necessidade de os católicos do Malawi se unirem em oração e contribuírem para a evangelização e divulgação da Palavra de Deus, acrescentando que apesar da pandemia global que atinge o quotidiano das pessoas, "existe uma oportunidade, na dificuldade da doença, para manifestar o amor".

“O mundo está lutando contra o coronavírus, recordou o sacerdote. Enquanto usamos máscaras que escondem nosso sorriso, nossos corações deveriam estar abertos, doando aos necessitados e à Igreja, para estender a pregação do Evangelho. Estamos otimistas de que o Dia Mundial das Missões deste ano será um sucesso”.

Uma representante dos leigos em Malawi, a Dra. Mary Shawa, destacou a necessidade de todo batizado apoiar o trabalho missionário da Igreja na proclamação da Palavra até os confins do mundo, acrescentando que esta tarefa poderia ser alcançada não somente pelas contribuições para a Igreja, mas também por meio das obras cotidianas que manifestam Cristo nos fiéis.

“Ainda temos outra oportunidade para nós, cristãos no Malawi, de desempenhar um papel vital na pregação do Evangelho, não somente por meio de doações, mas também por nossas obras. É tempo de estar com a Igreja, e esses três meses de preparação nos deram todo o tempo para realmente nos prepararmos, para que possamos ter um Dia Missionário especial em outubro deste ano", disse Dra. Shawa.

Representando os jovens, Mallen Machika, estudante de medicina, encorajou os fiéis leigos, especialmente os jovens, a ler a mensagem do Santo Padre para o Dia Mundial das Missões. “O Santo Padre exorta-nos a responder ao apelo de Deus neste tempo de pandemia e a dizer com firmeza: 'Eis-me aqui, envia-me', para compartilhar amor e esperança com os outros neste período da pandemia de Covid-19”, disse Mallen.

Agência Fides – AV/LM

29 setembro 2020, 10:56