Busca

Vatican News
"Nosso desafio, que é o mesmo do Evangelho, é o de acompanhar os processos de fraternidade" "Nosso desafio, que é o mesmo do Evangelho, é o de acompanhar os processos de fraternidade"  (ANSA)

Libéria: convite à missão se traduz em ações pastorais e paixão missionária

"Sentimos, com simplicidade e verdade, a compaixão do Senhor pela sua messe, que abunda, com poucos trabalhadores. Somos todos discípulos missionários, recorda o Papa Francisco. Este convite se traduz em ações pastorais e paixão missionária. Aqui em Foya, como em todo lugar, os pobres e os simples compreendem", diz sacerdote italiano missionário na Libéria.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

“Nossa pequena presença, com padre Walter Maccalli (irmão do padre Pierluigi, sequestrado no Níger há dois anos) na paróquia de Foya, é importante para acompanhar na fé todo o Condado de Lofa”, escreve à Agência Fides em vista do Dia Mundial das Missões, padre Lorenzo Snider, sacerdote da Sociedade para as Missões Africanas, missionário na Libéria.

“Sente-se um clima de eleições em nossas comunidades nesses dias. Em dezembro haverá eleições para o Senado e, como costuma acontecer, este é o tempo das grandes promessas e, em muitos casos, acaba se revelando como das grandes mentiras", comenta o sacerdote."

“Atualmente a estrada que leva a Foya, sede da nossa paróquia, é constantemente interrompida por caminhões atolados na lama, mesmo por dias. As restrições devido à pandemia de Covid-19 afetam a precária economia local. Em particular, o fechamento formal das fronteiras terrestres com a Guiné e Serra Leoa dificultam as transações comerciais, das quais depende em grande parte a economia do nosso distrito. Há dois dias provamos o primeiro arroz da safra deste ano, que vai até janeiro. É sempre um sinal de esperança e de renascimento, recordando as palavras do Salmo: “Na ida caminham chorando os que levam a semente a aspergir. Na volta virão com alegria, quando trouxerem os seus feixes”. As pessoas aqui sabem o que significa ganhar pão (ou arroz) com o suor de seu rosto."

Padre Snider, com otimismo, ressalta à Agência Fides que as comunidades crescem, assim como o interesse das pessoas pelo Evangelho. “Há poucos dias estivemos em um vilarejo que só podia ser alcançado após duas horas na estrada e duas de caminhada. Parece ainda estar escrevendo uma nova página dos Atos dos Apóstolos, com o assombro da fé transmitida e recebida com alegria. Com o desejo de Deus e com determinação, decidiram construir uma escola para suas crianças. Em um raio de vinte quilômetros não existem escolas e pelo menos 500 crianças estão em idade escolar. Sentimos, com simplicidade e verdade, a compaixão do Senhor pela sua messe, que abunda, com poucos trabalhadores. Somos todos discípulos missionários, recorda o Papa Francisco. Este convite se traduz em ações pastorais e paixão missionária. Aqui em Foya, como em todo lugar, os pobres e os simples compreendem."

“A falta de malha viária - conclui o sacerdote -, a corrupção endêmica e a escassez de investidores, não permitem por enquanto que essa região se desenvolva economicamente e a Libéria continua sendo um dos países com menor índice de desenvolvimento humano do mundo. Nosso desafio, que é o mesmo do Evangelho, é o de acompanhar os processos de fraternidade, o desafio de viver nossa fé em comunidade e como comunidade, de deixar transformar nossas relações pelo poder da ressurreição de Cristo, ou, como diz a Evangelii gaudium, a necessidade de considerar os aspectos sociais do dogma."

Agência Fides - LS/AP

30 setembro 2020, 08:07