Busca

Vatican News
Abraçada, família chora perda de sua casa devorada pelas chamas em Vacaville, Califórnia Abraçada, família chora perda de sua casa devorada pelas chamas em Vacaville, Califórnia  (AFP or licensors)

Igreja nos EUA promove coleta emergencial em favor das vítimas de furacão e incêndios

Milhares de casas, empresas e igrejas foram severamente danificadas ou destruídas e esse impacto vai durar muito tempo. O episcopado garante orações às famílias que perderam entes queridos, lares e locais de trabalho.

Vatican News

O presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB), Dom Jósé Goméz, anunciou a realização de uma coleta de emergência para a recuperação após os desastres naturais ocorridos no mês de agosto, como furacões e incêndios florestais.

Em uma carta, o arcebispo de Los Angeles exortou os bispos de todo o país a se engajarem em uma coleta especial voluntária destinada a arrecadar recursos para ajuda humanitária de longo prazo para as pessoas atingidas e para atender às necessidades da Igreja, também atingida pelos fenômenos naturais.

“A tradicional temporada de tempestades recém começou e já testemunhamos o impacto devastador do furacão Laura e dos incêndios florestais na Califórnia. Milhares de casas, empresas, lojas e igrejas foram gravemente danificadas ou destruídas e esse impacto durará muito tempo”, escreve o arcebispo Gómez. Ele também dirige uma mensagem de conforto e solidariedade, assegurando as orações dos bispos às famílias que perderam entes queridos, moradias e locais de trabalho.

A mensagem informa sobre o trabalho que está sendo realizado por Dom Paul Etienne, arcebispo de Anchorage (Alasca) e presidente do Comitê Nacional de Coletas da USCCB, que se comunicou com vários bispos das áreas afetadas para conhecer a real situação e necessidades e expressar a solidariedade do episcopado neste momento de transtornos e dificuldades.

A nota publicada no site do episcopado explica que os fundos arrecadados nesta coleta especial passarão a formar o "Fundo de Emergência dos Bispos para Desastres" e serão usados ​​para apoiar os esforços da Caritas USA (Catholic Relief Services), bem como das agências oficiais de ajuda da Igreja Católica nos Estados Unidos, uma vez que estão em suas mãos responder às necessidades de emergência imediatas, como água, comida, abrigo e cuidados médicos, e também ajudar nos esforços de reconstrução e recuperação a longo prazo.

Em relação às necessidades pastorais e de reconstrução de igrejaa, a USCCB assegura os fundos necessários para os esforços de recuperação depois da passagem do furacão Laura e qualquer outro desastre que ocorra e será distribuído onde for mais necessário. A nota adverte que entanto, que se tais intervenções forem desnecessárias ou impossíveis de cumprir, o episcopado pode usar essas contribuições para outros tipos de socorro de emergência onde for mais necessário e conforme determinado pelo Comitê Nacional de Coletas usando seu “Protocolo de resposta a emergências”.

Na carta, o arcebispo Gómez também reconhece a gravidade do impacto da COVID-19 nas atividades paroquiais e diocesanas e seu impacto desafiador na arrecadação de fundos, ao mesmo tempo em que expressa sua esperança e confiança na generosidade dos fiéis e de sua compaixão pelos necessitados.

O furacão Laura, ao passar pelos Estados Unidos, causou 15 mortes. As localidades mais afetadas pelo desastre natural localizam-se no Texas e Louisiana. Neste último Estado, de acordo com alguns especialistas, o impacto do furacão foi maior do que o do Katrina em 2005. Cerca de 220.000 pessoas estavam sem serviço básico de água potável na Louisiana, enquanto no Texas 80.000 cidadãos não tinham eletricidade. Os prejuízos chegam a um valor de 12 bilhões de dólares, somente na Louisiana. Já no Texas, o furacão causou uma redução de 85% na extração de petróleo do Golfo do México.

Os incêndios na Califórnia também provocaram danos enormes. Cerca de 1.100 famílias perderam suas casas no norte da Califórnia. O fogo consumiu cerca de 330 hectares de vegetação e tirou a vida de 6 pessoas, três no condado de Napa e 2 em Solano.

Vatican News Service – ATD

Photogallery

Catástrofes naturais castigam Estados Unidos
04 setembro 2020, 13:51