Busca

Vatican News

Rumo ao Dia Mundial das Missões, com "Mil rostos para a missão"

O Outubro missionário é um momento em que católicos de todo o mundo se unem para apoiar e celebrar o trabalho missionário da Igreja. Neste sentido, "Catholic Mission, juntamente com a rede internacional das Pontifícias Obras Missionárias, está ao lado de algumas das pessoas mais vulneráveis do mundo", explica em nota enviada à Agência Fides o Diretor nacional da Catholic Mission, padre Brian Lucas .

Vatican News

Ouça e compartilhe!

"Mil rostos para a missão": com este espírito, que expressa a universalidade da missão da Igreja e o apelo de todos os batizados a serem «enviados» a anunciar e testemunhar o Evangelho, «Catholic Mission» e Direção Nacional das Pontifícias Obras Missionárias na Austrália, quiseram conectar rostos e experiências missionárias presentes em mais de 25 países ao redor do mundo, que falam uma variedade de idiomas e culturas, em um vídeo que usa a frase #WeAreStillHere, "Ainda estamos aqui".

Produzido pela Catholic Mission e compartilhado com as Pontifícias Obras Missionárias de todo o mundo, o vídeo é inspirado nas palavras do Papa Francisco e faz parte da campanha de conscientização global, lançada como parte do Mês Missionário, e tendo em vista o Dia Mundial das Missões, celebrado 18 de outubro.

O Outubro missionário é um momento em que católicos de todo o mundo se unem para apoiar e celebrar o trabalho missionário da Igreja. Neste sentido, "Catholic Mission, juntamente com a rede internacional das Pontifícias Obras Missionárias, está ao lado de algumas das pessoas mais vulneráveis ​​do mundo", explica em nota enviada à Agência Fides o diretor nacional da Catholic Mission, padre Brian Lucas 

“Este ano - precisa o sacerdote - nossa campanha do Mês Missionário está focada no Camboja, no apoio de forma especial às pessoas com deficiência e suas famílias”. Mas este “é somente um dos muitos exemplos do trabalho missionário apoiado pela Catholic Mission. Graças à generosidade de todos os doadores, este apoio pode mudar a vida de muitas pessoas, entre as mais pobres”.

A campanha de mobilização, sempre com o objetivo de colocar o acento na missão evangelizadora da Igreja conta, entre outros, com a contribuição de Dom Enrique Figaredo Alvar Gonzalez SJ, à frente da Prefeitura Apostólica de Battambang, no noroeste do Camboja, onde há mais de 20 anos acompanha e proporciona oportunidades de aprendizado e crescimento para pessoas com deficiência.

Outra experiência missionária envolvida é a do Eden Gardens Children’s Home em Nagaland, um Estado do nordeste da Índia, onde são acolhidas dezesseis crianças que não têm uma família ou um lugar seguro para onde voltar durante a crise.

“Para aquelas crianças que não têm para onde ir, o Eden Gardens fica aberto o dia todo, todos os dias. Nossa missão é ajudar os jovens, quem quer que esteja aqui, em qualquer circunstância. Estamos aqui, com solidariedade e compaixão, dando o nosso melhor para manter vivo o centro de acolhimento”, afirmou padre Rajesh Lobo, diretor da Casa.

O bispo Figaredo e padre Rajesh Lobo estão entre os “mil rostos da missão” que contribuem para difundir “uma mensagem local com impacto global”. “We are still here”, “Ainda estamos aqui”: quatro simples palavras simples para confortar a vida de algumas das comunidades mais vulneráveis ​​do mundo, que enfrentam o impacto devastador da crise global causada pela Covid-19.

Com a hashtag #WeAreStillHere, as Pontifícias Obras Missionárias promovem a mensagem de proximidade e uma arrecadação de fundos que - também graças às redes sociais - está rapidamente se tornando o apelo internacional utilizado pelos missionários católicos em todo o mundo.

Padre Brian Lucas enfatiza que “em tempos de dificuldade, é importante permanecermos unidos. A Covid-19 está tendo um impacto significativo em muitas pequenas realidades e obras de evangelização em muitos países pobres: é essencial hoje continuar a apoiar o trabalho missionário para os mais vulneráveis".

O Diretor das POM australianas conclui, destacando que “apenas quatro palavras – Nós ainda estamos aqui - constituem uma mensagem simples e de grande impacto: queremos dizer que aos mais necessitados ainda é oferecido o melhor apoio material, espiritual e pastoral possível, durante a atual emergência global. Os missionários de todo o mundo continuam a dedicar toda a sua vida às suas comunidades, vivendo e testemunhando o Evangelho e o amor de Cristo ao serviço dos outros.

Agência Fides – PA

28 setembro 2020, 14:05