Busca

Vatican News
Distribuição de alimentos em Abidjan Distribuição de alimentos em Abidjan  (AFP or licensors)

Covid-19: ajudas da CEI e da Caritas italiana chegam à Costa do Marfim

Os recursos para a compra de material de saúde e formação são provenientes do imposto 8 x 1000 pago pelos cidadãos italianos.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

Chegam à Costa do Marfim as ajudas da Conferência Episcopal Italiana e da Caritas Italiana em apoio aos hospitais no combate ao coronavírus.

Nesta quarta-feira, 5, na presença do núncio apostólico, Dom Paolo Borgia, teve lugar na paróquia de St. Laurent, em Yopougon Kouté - confiada à Comunidade Missionária de Villaregia, sede de um hospital – a entrega de géis hidroalcoólicos, esterilizadores, respiradores, máscaras de proteção, termômetros e outros instrumentos adquiridos graças ao fundo proveniente do imposto 8x1000 pago pelos italianos.

Em abril passado, a Presidência da Conferência Episcopal Italiana alocou 6 milhões de euros, aos quais foram acrescentados outros 3 milhões em maio para a emergência do coronavírus na África e em outros países pobres do mundo.  Graças a esses recursos, refere um comunicado de imprensa, foram financiadas 381 iniciativas no âmbito sanitário e outras 160 no âmbito da formação.

Na Costa do Marfim, para lidar com a emergência do coronavírus, ao lado das medidas preventivas implementadas pelo governo e pela OMS, os bispos italianos e a Caritas ofereceram sua contribuição, financiando 10 projetos sanitários em outras tantas cidades.

Cada unidade de saúde recebeu entre 10 e 15 mil euros. Sete projetos foram acompanhados pelas ONG Avsi e Soleterre e pelos organismos eclesiásticos Comunidade Missionária de Villaregia e Instituto Missões Consolata, realidades que operam na Costa do Marfim há vários anos por meio de programas de desenvolvimento e promoção humana. O objetivo é apoiar iniciativas de conscientização da população, além da formação e preparação do pessoal da saúde.

Vatican News Service - TC

06 agosto 2020, 07:13