Busca

Vatican News
Em 4 de julho, a Tanzânia registrava 509 contágios por Covid-19  e 21 óbitos Em 4 de julho, a Tanzânia registrava 509 contágios por Covid-19 e 21 óbitos 

Com a ajuda da CEI, respiradores entregues a hospitais católicos na Tanzânia

Os respiradores foram financiados pelos fundos provenientes do imposto 8 × 1000 direcionado para Igreja Católica italiana, uma parte significativa dos quais neste ano foi destinada a ajudar vários países africanos e outros países pobres do mundo a enfrentar a emergência do Coronavírus.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

Também na Tanzânia não para o trabalho da Igreja para enfrentar a Covid-19. Desde o início da pandemia, está na vanguarda da distribuição de equipamentos de proteção individual (DPI), desinfetantes, instrumentos de diagnóstico doados pela Conferência Episcopal da Tanzânia (TEC) a escolas, paróquias e hospitais, mas também em uma ampla campanha de conscientização e informação da população.

Graças ao apoio financeiro da Conferência Episcopal Italiana - relata o blog da AMECEA, a Associação dos membros das Conferências Episcopais da África Oriental – os bispos tanzanianos entregaram respiradores a vários hospitais católicos no país, para uso dos pacientes mais graves de Covid.

Os respiradores foram financiados pelos fundos provenientes do imposto 8 × 1000  direcionado para Igreja Católica italiana, uma parte significativa dos quais neste ano foi destinada a ajudar vários países africanos e outros países pobres do mundo a enfrentar a emergência do Coronavírus.

Uma ajuda recebida com gratidão pela Igreja na Tanzânia: "Agradecemos à CEI por sua disposição em colaborar com a Igreja na Tanzânia na luta contra a emergência e em ajudar as comunidades com atendimento de qualidade", disse em nome da TEC Erick Mwelulila, responsável pelas finanças da Conferência Episcopal.

Uma gratidão compartilhada pelos bispos que receberam os respiradores: "Estou feliz em ver como a TEC está trabalhando para salvar a comunidade dessa tragédia e agradeço a CEI por sua ajuda que permitiu que nossos hospitais fosse equipados com esses materiais caros", disse Dom Tarcisius Ngalalekum, bispo da Diocese de Iringa, que recebeu um respirador destinado ao hospital católico no distrito de Tosamaganga.

Palavras semelhantes de gratidão foram expressas pelo arcebispo de Mwanze, Renatus Nkwande, presidente do departamento episcopal de saúde.

Vatican News - LZ

05 julho 2020, 07:46