Busca

Vatican News

O Sínodo não terminou: os sonhos do Papa para a Amazônia em documentários

Indígenas, campesinos, ribeirinhos, afrodescendentes e agentes de pastoral de seis países da Pan-Amazônia gravaram suas reflexões sobre o "sonho social" contido no primeiro capítulo da Exortação "Querida Amazônia" do Papa Francisco.

Vatican News

A Verbo Filmes e a Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM) acabam de lançar uma nova série documental: ‘Querida Amazônia: Os sonhos do papa Francisco para a Pan-Amazônia’.

O primeiro capítulo apresenta o sonho social do Pontífice para a região e seus povos, segundo sua Exortação Apostólica Post-sinodal ‘Querida Amazônia’, publicada no dia 2 de fevereiro de 2020: “Sonho com uma Amazônia que lute pelos direitos dos mais pobres, dos povos nativos, dos últimos, de modo que a sua voz seja escutada e que sua dignidade seja promovida” (QA, n° 7).

Nesta edição, participaram indígenas, campesinos, ribeirinhos, afrodescendentes e agentes de pastoral: catorze pessoas de seis países da Pan-Amazônia (Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela) gravaram suas reflexões: sete mulheres e sete homens.

“O formato deste programa é especial: as próprias pessoas que deram depoimento foram encarregadas de fazer a gravação, utilizando a câmera do celular. E o resultado foi muito positivo”, afirma  Cireneu Kuhn, diretor da Verbo Filmes.

O Sínodo não terminou

Por sua vez, o secretário executivo da REPAM, Mauricio López, ressalta que o Documento Final do sínodo “é um presente enorme”, porque recolhe as vozes da Pan-Amazônia e estabelece caminhos específicos por onde caminhar.

 

“Esta navegação é um convite para olharmos todas estas propostas, assumi-las, porque o sínodo não terminou. O processo sinodal continua e depende de você, de cada um, de cada uma, de levá-lo à vida. Estamos apenas no início!”

07 julho 2020, 09:55