Busca

Vatican News
Líderes da Igreja Luterana convidaram os fiéis a rezar, em comunhão, de casa pelo falecimento do pastor Líderes da Igreja Luterana convidaram os fiéis a rezar, em comunhão, de casa pelo falecimento do pastor  (ANSA)

Madagascar: presidente do Conselho Ecumênico de Igrejas Cristãs morre de Covid-19

O ecumenismo está em luto em Madagascar. Morreu o pastor David Rakotonirina, presidente do Conselho Ecumênico de Igrejas Cristãs de Madagascar, uma das 37 vítimas do coronavírus no país que registra cerca de 5 mil casos confirmados da doença. A Federação Luterana Mundial manifestou pesar pela morte do pastor David Rakotonirina, 58 anos.

Andressa Collet - Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

Na despedida do pastor David Rakotonirina, 58 anos, presidente do Conselho Ecumênico de Igrejas Cristãs de Madagascar, apenas 50 pessoas puderam participar do funeral devido às normas de restrição da Covid-19. No domingo (12), os líderes da Igreja Luterana convidaram os fiéis a rezar, em comunhão, de casa, enquanto o caixão deixava o hospital para ser enterrado na Igreja Luterana de Ambatovinaky, na capital Antanananarivo.

O pastor morreu no último sábado (11), vítima de complicações do coronavírus. Ele chegou a receber um primeiro atendimento em Morondava, oeste do país, onde deveria presidir uma reunião do Sínodo Regional dos Líderes Luteranos, quando foi transferido para tratamento na UTI da Policlínica Ilafy.

A solidariedade dos luteranos

A Federação Luterana Mundial manifestou pesar pela morte do pastor através do secretário-geral, pastor Martin Junge, que expressou profunda tristeza ao tomar conhecimento da notícia: “ele serviu à comunhão das igrejas da federação de várias formas, pelo que somos profundamente gratos”. Desde 2016, Rakotonirina era presidente da Igreja Luterana de Madagascar que tem 4 milhões de membros que festejaram, em 2018, 150 anos. Através do programa “Sul a Sul”, envia missionários para atuar em Bangladesh, Camarões, Papua Nova Guiné, Tailândia e Tanzânia.

Líder do Conselho Ecumênico de Igrejas Cristãs de Madagascar neste ano, o pastor também foi presidente da Comunidade de Igrejas Adeptas ao Culto Protestante. Em março, durante a última aparição oficial no Palácio Presidencial, ao lado do Chefe de Estado Andry Rajoelina e de outros líderes religiosos, o pastor exortou aos fiéis a respeitar as diretrizes das autoridades no contexto da crise sanitária causada pelo coronavírus. Em audiência com o presidente, os representantes das quatro igrejas cristãs federadas ao Conselho Ecumênico foram consultados sobre a gestão da pandemia no país.

Vatican News - TC

16 julho 2020, 13:39