Busca

Vatican News
Agora com a internet em quase todos os lares, a rádio servirá como instrumento de evangelização da ilha caribenha Agora com a internet em quase todos os lares, a rádio servirá como instrumento de evangelização da ilha caribenha 

Graças ao comprometimento dos jovens, Igreja em Cuba tem sua primeira webradio

A iniciativa quer formar e informar a comunidade católica cubana por meio das redes sociais, construir pontes e conectar seus membros no país do Caribe ou no exterior, bem como incentivar os jovens a se comprometer concretamente com a vida cristã, segundo os ensinamentos da Doutrina Social da Igreja.

Cidade do Vaticano

Ouça e compartilhe!

"Radio El Sonido de la Esperanza", da Rede Católica Juvenil (RCJ), é a primeira estação de rádio católica em Cuba a transmitir on-line 24 horas por dia, graças ao compromisso de um grupo de jovens comunicadores para difundir a mensagem da Igreja pela internet.

Nasceu recentemente como "uma emissora on-line e permanente de vários programas de rádio produzidos pela Igreja em Cuba e de outras partes do mundo, segundo uma grade na qual ainda estamos trabalhando", declarou à Inter Press Service Rubén de la Trinidad, fundador e um dos diretores da Rede Católica Juvenil (RCJ).

 

Criada em fevereiro de 2019, a RCJ é uma comunidade virtual com presença nas redes sociais como Facebook, Twitter, Instragram, Telegram e Whatsapp e que conta com o apoio da Conferência dos Bispos Católicos de Cuba (COCC).

A iniciativa quer formar e informar a comunidade católica cubana por meio das redes sociais, construir pontes e conectar seus membros no país do Caribe ou no exterior, bem como incentivar os jovens a se comprometer concretamente com a vida cristã, segundo os ensinamentos da Doutrina Social da Igreja.

Como é sabido, Cuba passou por várias situações difíceis em relação à mídia. Eis porque a estação rádio é uma novidade: "porque em Cuba, embora a Igreja tenha acesso aos meios de comunicação de massa, não possui canal de televisão ou estação de rádio", observou Rubèn de la Trinidad, diácono da Congregação da Missão dos Paulinos.

A Igreja Católica na Ilha possui um sistema de publicações e boletins impressos, no geral limitados aos paroquianos, enquanto em algumas das 11 dioceses do país, grupos de leigos criam programas de música que são divulgados por canais alternativos, como pen drives para PC.

Apenas recentemente a internet chegou a quase todos os lares, tornando possível também o trabalho das Pontifícias Obras Missionárias (POM) com essa nova ferramenta.

(CE - Agência Fides)

27 julho 2020, 07:33