Busca

Vatican News
Os bispos colombianos refletem sobre o futuro da Igreja depois da pandemia de coronvírus Os bispos colombianos refletem sobre o futuro da Igreja depois da pandemia de coronvírus  (AFP or licensors)

Colômbia: plenária dos bispos inédita, essencial para a Igreja pós-pandemia

Após várias reuniões anteriores e de forma virtual das diversas comissões episcopais e províncias eclesiásticas, os bispos se preparam para “discernir, à luz do Evangelho, a hora atual da Igreja e do mundo, marcada pela pandemia da Covid-19.

Vatican News

A nova “normalidade”, a presença “virtual”, os ensinamentos do tempo de “confinamento” e o futuro da Igreja pós-pandemia, são alguns dos temas abordados na mensagem de apresentação do bispo auxiliar de Cali, dom Luis Fernando Rodríguez, da 110ª Assembleia da Conferência Episcopal Colombiana, que a partir desta segunda-feira, 6 de julho, até a próxima quarta-feira dia 8, reúne online os bispos colombianos, em meio à contingência da pandemia da Covid-19.

Ouça e compartilhe

Após várias reuniões anteriores e de forma virtual das diversas comissões episcopais e províncias eclesiásticas, os bispos se preparam para “discernir, à luz do Evangelho, a hora atual da Igreja e do mundo, marcada pela pandemia da Covid-19, que nos pede para pensar e repensar as realidades fundamentais da convivência social, religiosa, política, econômica, cultural e ecológica, para situar a missão da Conferência Episcopal neste contexto e para estabelecer sinodalmente as chaves e as diretrizes pastorais para continuar a tarefa evangelizadora”.

O prelado colombiano também afirma que se trata de um encontro “totalmente inédito”, será um “novo aprendizado, nem sempre fácil” para os bispos, acostumados a encontros pessoais, colegialidade, fraternidade e convivência espiritual. Por esta razão, ele pede para que os presbíteros, as comunidades religiosas, os grupos apostólicos e os fiéis em geral se unam em oração para que a reunião seja frutífera para a vida da Igreja colombiana.

“Os desafios e as necessidades são inumeráveis. Os ensinamentos deste tempo de confinamento tocam todos os campos da vida individual, das comunidades eclesiais e do mundo em geral”, sublinha dom Rodríguez. Neste contexto, os bispos tentarão fazer uma “aproximação” da realidade atual, suas luzes e sombras, mas também compartilharão as experiências e ações concretas que a Igreja colombiana tem feito em favor dos mais necessitados, dos doentes, dos migrantes, dos encarcerados e daqueles que foram afetados humana, psicológica e espiritualmente pela pandemia. Eles também avaliarão como tem sido a presença da Igreja através dos meios de comunicação e das redes sociais.

O bispo auxiliar de Cali enfatiza que os prelados vão refletir sobre o futuro da Igreja e sua ação evangelizadora na época da pós-pandemia. “Vamos nos perguntar, certamente, sobre o significado da 'nova normalidade' da qual tanto se fala, e sobre a visão que o humanismo cristão deverá ter nessa 'nova normalidade'.

Por fim, o prelado colombiano afirma que as lições que a pandemia está deixando e os “caminhos que Deus está apontando” serão as perguntas-chave no encontro do episcopado. “De agora em diante, nós bispos nos colocamos nas mãos de Deus. Pedimos-lhe sua luz e sua força para compreender este kairós e a paciência para estar diante do computador durante seis horas por dia”, conclui dom Rodríguez.

Vatican News - ATD/MJ

06 julho 2020, 10:31