Busca

Vatican News
Donna suora che fa pastorale in Chiesa

Feminismo e identidade católica, Diploma em Doutrina Social da Igreja on-line

A Academia Latino-americana de líderes católicos promove o sexto diploma internacional em Doutrina Social da Igreja, de 11 a 25 de julho. O evento contará com a participação de 25 líderes católicos da Europa e da América e será realizado on-line por causa da pandemia de coronavírus.

Isabella Piro/Mariangela Jaguraba – Vatican News

“Mulheres na vida pública: feminismo e identidade católica no século XXI.” Este é o tema do sexto diploma internacional em Doutrina Social da Igreja, organizado pela Academia Latino-americana de Líderes Católicos, de 11 a 25 de julho. O evento contará com a participação de 25 líderes católicos da Europa e da América e será realizado on-line por causa da pandemia de coronavírus e, a convite do Papa Francisco, tentará refletir sobre um feminismo autêntico que promova a participação das mulheres na vida pública.

Ouça e compartilhe

Os professores e os objetivos

Dentre os professores do curso, Flaminia Giovanelli, a primeira mulher, na história do Vaticano, a se tornar subsecretária de um Dicastério, Marta Rodriguez, ex-chefe da Seção Mulher do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, o cardeal Carlos Aguiar Retes, arcebispo primaz do México, Paola Binetti, senadora e neuropsiquiatra italiana especializada em biopolítica, Austeen Ivereigh, fundador da Catholic Voices no Reino Unido, dom Thomas Wenski, arcebispo de Miami, Soledad Alvear, ex-ministra das Relações Exteriores do Chile, Isabel Capeloa, reitora da Universidade Católica de Portugal e primeira mulher a presidir os reitores das universidades católicas de todo o mundo, Alexandra Pelaez, secretária de Estado da Educação na Colômbia, e o teólogo Mario Angel Flores, membro da Comissão Teológica Internacional.

O objetivo do diploma é analisar, a partir de uma antropologia filosófica da mulher e das raízes filosóficas do gênero e da história do feminismo, o ponto de vista do pensamento social da Igreja sobre a mulher, para apresentar uma proposta de identidade cristã clara sobre um novo feminismo que reconheça a contribuição feminina na Igreja e na vida pública.

A sessão inaugural do curso será realizada pelo secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e Vida, pe. Alexandre Awi Mello, que apresentará sua tese de doutorado sobre a Virgem Maria, ícone da mulher na Igreja, a partir do pensamento do Papa Francisco.

O diploma terá uma certificação internacional que será emitida pela Academia Latino-americana de Líderes Católicos e por quatro universidades católicas da América Latina: a Pontifícia Universidade do México, a Universidade Católica da Costa Rica, a Universidade Católica de Tachira na Venezuela e a Universidade Finis Terrae no Chile.

A equipe acadêmica do diploma é composta também pela brasileira Cristiane Kaitel, doutora em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais, Adriana Sirito, coordenadora de pós-graduação da UCA na Argentina, e a historiadora mexicana María Luisa Aspe Armella, uma das principais representantes da liderança feminina na América Latina, que foi também diretora do departamento de História da Universidade Iberoaméricana e presidente do Instituto Mexicano de Doutrina Social Cristã (Imdosoc).

Um novo feminismo

“A questão de um novo feminismo”, sublinham os professores, “assume uma relevância particular no contexto atual em que os movimentos feministas entraram na vida pública, bem como o pedido legítimo de mais espaço para a liderança das mulheres e a denúncia de situações graves de desigualdade e abuso na sociedade. Iniciamos a enfrentar esses temas numa perspectiva evangélica capaz de discernir os aspectos positivos e negativos dos diferentes feminismos, o reconhecimento das denúncias legítimas de situações injustas que violam a dignidade do ser humano, bem como o perigo de instrumentalização ideológica que às vezes ocorreu”. A esperança é de que consiga “desenvolver a proposta de um novo feminismo nesta mudança de época e em tempos de crise”.

O curso se realizará on-line nos horários acessíveis aos participantes da Europa e da América. Para maiores informações: http://www.liderescatolicos.net/diplomado2020/. As inscrições se encerram na segunda-feira, 29 de junho.

08 junho 2020, 15:46