Busca

Vatican News

Egito promove peregrinações ao "Caminho da Sagrada Família"

As autoridades egípcias buscam explicitamente valorizar como meta de peregrinações internacionais aqueles lugares, segundo a tradição, ligados à permanência da Sagrada Família no Egito. Já de há muito, as autoridades do país do nordeste da África estão empenhadas em promover também em chave turística o “Caminho da Sagrada Família”, que na sua versão mais ampla inclui 25 lugares, espalhados em 8 províncias

Vatican News

Ouça e compartilhe

A crise pandêmica que está atingindo duramente também a população egípcia não tem impedido a prossecução das iniciativas em andamento tomadas pelas autoridades locais e nacionais para favorecer a intensificação das peregrinações ao chamado “Caminho da Sagrada Família”, o itinerário que – segundo tradições milenares – une lugares atravessados por Maria, José e o Menino Jesus quando encontraram refúgio no Egito para escapar da violência de Herodes.

Valorizar os lugares ligados à Sagrada Família no Egito

Dias atrás o governador da Província de Minya, Gal. Osama al Qadi, anunciou o início dos trabalhos para melhorar as vias de acesso às áreas históricas que do itinerário que se encontram nos territórios por ele administrados, começando pela zona em que se encontra a igreja da Virgem Santa em Jabal al-Tayr, considerada uma das mais bonitas do Egito.

As autoridades egípcias buscam explicitamente valorizar como meta de peregrinações internacionais aqueles lugares, segundo a tradição, ligados à permanência da Sagrada Família no Egito.

“Caminho da Sagrada Família” inclui 25 lugares

Entre os participantes da reunião operacional para programar os próximos trabalhos de melhoramento das infraestruturas locais estiveram presentes também o prefeito da cidade de Samalut, Mohamed Sayed, e o engenheiro Adel al Jundi, diretor geral das relações internacionais junto à Autoridade para o desenvolvimento do turismo e coordenador do projeto para relançar o percurso da Sagrada Família.

Já de há muito, as autoridades egípcias estão empenhadas em promover também em chave turística o “Caminho da Sagrada Família”, que na sua versão mais ampla inclui 25 lugares, espalhados em 8 províncias.

Papa Francisco saúda delegação egípcia em sua vinda a Roma

Em 4 de outubro de 2017, o Papa Francisco, no contexto da audiência geral da quarta-feira, saudara uma consistente delegação egípcia presente em Roma para promover as peregrinações ao longo do “Caminho da Sagrada Família” em colaboração com a Obra Romana Peregrinações, instituição do Vicaritao de Roma, órgão da Santa Sé, sob a direção do Vigário do Papa para a Diocese de Roma, que atualmente é o cardeal Angelo De Donatis.

As autoridades egípcias tomaram iniciativas também para inserir o “Caminho” da Sagrada Família na lista dos sítios reconhecidos pela Unesco – Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura – como “Patrimônio mundial”.

(Fides)

23 junho 2020, 10:46