Busca

Vatican News
Itaituba tem mais de mil suspeitos de ter contraído a Covid-19, afirma dom Wilmar Santin Itaituba tem mais de mil suspeitos de ter contraído a Covid-19, afirma dom Wilmar Santin  (AFP or licensors)

Igreja no Pará unida ao Papa pela intercessão da Mãe da Amazônia pelos povos indígenas

Dom Wilmar Santin, bispo da Prelazia de Itaituba, tem acompanhado de perto o impacto da pandemia nas comunidades indígenas da sua região. Nesta segunda-feira (01), ele recebeu a notícia do falecimento de mais um cacique da etnia Munduruku. O prelado se une ao Papa Francisco para pedir a intercessão da Mãe da Amazônia “pelos mais pobres e indefesos daquela querida região”, sobretudo os indígenas.

Andressa Collet – Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

Os números atualizados sobre as vítimas e infectados por Covid-19 entre os povos indígenas da Pan-Amazônia, uma faixa territorial que abrange 9 países, serão divulgados nesta terça-feira (2), em boletim semanal produzido pela Repam e a organização internacional do Coica. Até o último dia 26 de maio, porém, o relatório indicava 2.278 pessoas contaminadas pelo coronavírus e 504 mortas.

O boletim, assim, confirma que o vírus já está circulando entre aldeias de mais de 70 comunidades indígenas diferentes, principalmente, no Peru e no Brasil, o que é um sinal de alerta para a propagação rápida da doença. O Papa Francisco, ao final da oração do Regina Coeli de domingo (31), fez um apelo especial para a Amazônia, “duramente provada pela pandemia”, e pelos indígenas que compõem aquele bioma e são “particularmente vulneráveis”.

A mortalidade no Pará

Na Amazônia Brasileira, o Amazonas é o Estado que mais tem número de pessoas contaminadas, mas é o Pará que registra mais vítimas da doença. Segundo o painel oficial desta segunda-feira (1) gerado pela Ministério da Saúde, produzido com os dados das secretarias estaduais, o Pará registra 38.046 pessoas testadas positivas e 2.925 mortas por Covid-19.

Dom Wilmar Santin, bispo da Prelazia de Itaituba, no Pará, se une ao Papa Francisco para pedir a intercessão da Mãe da Amazônia “pelos mais pobres e indefesos daquela querida região”:

“Especificamente em Itaituba, onde está a sede da prelazia, são 607 casos de contaminação e 20 mortos, mas há mais de 1 mil com suspeita de terem contraído coronavírus. Então, esses números vão subir bastante. E, com muita tristeza, hoje à tarde, nesta segunda-feira (1), eu recebi a notícia da morte de um cacique Munduruku lá em Jacareacanga. Já tinha morrido um... E, no sábado (30), um outro Munduruku, que é cacique numa das 4 aldeias da cidade, foi levado para capital, Belém, numa situação bastante complicada, vitimado pelo coronavírus."

“Tmos que rezar muito e pedir a Nossa Senhora da Amazônia, Mãe da Amazônia, que nos ajude a superar este momento que cada dia está pior.”

02 junho 2020, 15:03