Busca

Vatican News
O Brasil ultrapassou 40 mil mortes por causa da pandemia O Brasil ultrapassou 40 mil mortes por causa da pandemia 

Espírito Santo: sinos das igrejas vão tocar ao meio-dia de domingo para lembrar vítimas da Covid-19

Os bispos do Espírito Santo divulgaram uma carta em que convidam a comunidade católica para fazer a homenagem no domingo (14) às quase mil pessoas que morreram por causa do coronavírus. No documento, o pedido de comprometimento de todos – governo e cidadãos – para aumentar o isolamento social no Estado, um dos dez mais afetados pela pandemia no Brasil: “isolamento social, mais do que um dever, eve ser um gesto de compaixão”.

Andressa Collet - Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

São mais de 23 mil as pessoas testadas positivas para o coronavírus no Espírito Santo, um dos 10 Estados mais afetados pela pandemia do Brasil, e quase mil as vítimas da doença. Os bispos da Província Eclesiástica, composta pelas dioceses de Cachoeiro de Itapemirim, São Mateus, Colatina e pela Arquidiocese de Vitória, através de uma carta divulgada nesta quinta-feira (11), convidam todas as igrejas católicas a tocar os sinos ao meio-dia deste domingo (14) em homenagem às vítimas que morreram por causa do coronavírus, “esse inimigo invisível, que ceifa vidas, transforma sonhos em pesadelos e tira nossa liberdade”.

Isolamento social é um gesto de compaixão

Preocupados com o avanço da pandemia, os bispos se unem aos capixabas que perderam os familiares e, através da carta, cobram atitudes do governo, para aumentar a restrição na circulação de pessoas, e a responsabilidade dos cidadãos para aumentar o isolamento social: “o momento que estamos atravessando exige mudança no pensar, no falar e no agir, fazendo do isolamento social, mais do que um dever, tornando-o um gesto de compaixão. É preciso que cada um tenha consciência e mantenha-se em casa para evitar o contágio e, por ele, o sofrimento de outras famílias”.

E a carta continua: “todos devemos nos comprometer, pois, ninguém, e nem nenhuma instituição, pode se omitir ou transferir suas responsabilidades diante desse trágico quadro. Não há espaço para indiferença à vida humana”, principalmente, lembram os bispos, se pensarmos nos mais vulneráveis diante desse desafio global. O texto, que termina pedindo a intercessão da Virgem da Penha, padroeira do Espírito Santo, foi lido durante a missa dos Santos Óleos, celebrada na Catedral Metropolitana na quinta-feira (11). A íntegra do documento você encontra no site da Arquidiocese de Vitória.

12 junho 2020, 18:14