Busca

Vatican News

Dom Erwin Kraütler: o Papa ama a Amazônia

Os representantes da Rede Eclesial Pan-Amazônica agradecem a oração e a mensagem do Papa Francisco pela região da Amazônia, em apelo feito no último domingo (31), do Vaticano ao mundo inteiro. Card. Cláudio Hummes, presidente da Repam, indica palavras do Pontífice como uma luz a ser seguida pela Igreja no cuidado aos mais pobres e indefesos. O Papa, “de fato, ama a Amazônia” e "formulou aquilo que nós temos no nosso coração", declara emocionado Dom Erwin Kraütler, coordenador da Repam Brasil.

Andressa Collet – Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

As palavras do Papa Francisco, pronunciadas na festa de Pentecostes do último domingo (31), fortalecem a missão da Igreja na Amazônia, principalmente diante dos mais pobres e indefesos que enfrentam a pandemia da Covid-19. Em vídeo divulgado pela Rede Eclesial Pan-Amazônica nesta terça-feira (2), o presidente, card. Cláudio Hummes, agradeceu a mensagem do Pontífice sobre a importância de cuidar das pessoas, e não economizar para salvar a economia:

“Todos na Pan-Amazônia, Igreja e população, em especial os povos indígenas, queremos agradecer ao querido Papa Francisco por suas palavras referentes à Pan-Amazônia, pronunciadas ao recitar o Regina Coeli, na Praça São Pedro, na festa de Pentecostes. Nesta devastadora pandemia do coronavírus, as palavras do Santo Padre nos confortam e orienta. Quando ele diz: ‘cuidar das pessoas, que são mais importantes do que a economia. Nós, pessoas, somos o templo do Espírito Santo; a economia, não’, ele nos orienta e nos mostra o caminho que a Igreja na Pan-Amazônia irá percorrer. Sim! Precisamos nos guiar por essa luz! A Igreja toda está se movimentando, junto com a Repam e outras entidades católicas, para arrecadar fundos e levar às periferias da Pan-Amazônia. Recursos contra a fome e para o tratamento debido pelos infectados pelo novo coronavírus. Mas, também, a Igreja e seus missionários querem estar próximos às populações pobres para que se sintam encorajados no dia a dia. Louvado seja Deus, por ese gesto do Papa Francisco.”

Palavras que emocionam

Um gesto que também emocionou Dom Erwin Kraütler, coordenador da Repam Brasil:

“Eu senti o carinho dele para com a Amazônia. De fato, nós precisamos desse carinho. Que a mensagem do Papa realmente esteja transmitindo também aos governos, especialmente o governo no Brasil. A gente fica impressionado porque o Papa falou claramente que a pessoa é o templo do Espírito Santo e não a economia. Todo esforço para salvar as pessoas; salvar homens, mulheres e crianças. O Papa é nosso. O Papa formulou aquilo que nós temos no nosso coração. Eu agradeço de coração ao Papa. Vejo na minha frente agora como ele estava durante o Sínodo e depois através da carta que ele enviou ‘Querida Amazônia’."

“De fato, ele ama a Amazônia, o que ele falou é para todos nós, os povos indígenas, quilombolas e ribeirinhos - todos os povos da Amazônia.”

Veja o vídeo com a mensagem do card. Hummes
03 junho 2020, 17:35