Busca

Vatican News
O tufao Ambo nas Filipinas O tufao Ambo nas Filipinas  (ANSA)

Tufão Ambo nas Filipinas: Caritas faz apelo pela coleta de fundos

A Caritas Filipinas fez um apelo em prol da coleta de fundos, porque à emergência atual se acrescenta a grave situação causada pela pandemia da Covid-19, tornando a distribuição da ajuda à população ainda mais urgente.

Cidade do Vaticano

Continua o compromisso da Igreja católica nas Filipinas ao lado das vítimas do tufão Ambo que, na última terça-feira (19/05), atingiu o país, causando morte e devastação.

A Caritas Filipinas fez um apelo em prol da coleta de fundos, porque à emergência atual se acrescenta a grave situação causada pela pandemia da Covid-19, tornando a distribuição da ajuda à população ainda mais urgente.

Além disso, devido à quarentena para evitar o contágio, foi bloqueada a coleta tradicional da Quaresma conhecida como “Alay Kapwa” ou seja “Oferta recíproca”, de apoio aos serviços sociais em favor dos pobres e necessitados.

“Estamos diante de um grande desafio”, disse o mons. José Colin Bagaforo, presidente da Caritas Filipinas, citado no site da Conferência Episcopal do país. “Os fundos disponíveis atualmente são escassos e se, nos próximos meses se verificar outra situação de emergência, não teremos mais”. Daí o apelo a todos os bispos, fiéis e pessoas de boa vontade para “mostrar solidariedade” à diocese atingida pelo tufão, fazendo doações diretas.

“Precisamos de um mecanismo de solidariedade para responder de forma apropriada e rápida às necessidades emergentes de nossas comunidades, especialmente onde as famílias mais vulneráveis ​​e marginalizadas continuam sendo as mais afetadas”, concluiu mons.  Bagaforo.

Segundo a Caritas Filipinas, o tufão Ambo atingiu mais de 200 mil pessoas, afetando principalmente as províncias de Samar e Quezon.

21 maio 2020, 13:35