Busca

Vatican News
Viagem Apostólica do Papa a Mianmar, em 13 de junho de 2018 Viagem Apostólica do Papa a Mianmar, em 13 de junho de 2018  (Vatican Media)

Conferência Episcopal de Mianmar adere ao Dia Mundial de Oração

Os católicos do país são convidados a rezar, jejuar e realizar obras de caridade durante o dia 14 de maio, como forma de acabar com a pandemia e suas consequências nefastas para a humanidade.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

A cada dia crescem as adesões ao Dia Mundial de Jejum e Oração convocado para o dia 14 de maio pelo Alto Comitê para a Fraternidade Humana, para suplicar a Deus que ajude a humanidade a superar a pandemia de coronavírus.

Em 7 de maio, o secretário-geral da Conferência Episcopal de Mianmar (CBCM), Dom John Saw Yaw Han, enviou uma carta aos bispos das 16 dioceses do país, convidando-os a exortar os fiéis católicos a participarem da iniciativa, seguindo as indicações dadas pelo Papa Francisco no Regina Coeli de 3 de maio.

 

Também o presidente do episcopado, o cardeal arcebispo de Yangon Dom Charles Bo - relata a agência UCA News - fez um apelo aos fiéis da Arquidiocese para rezar, jejuar e realizar obras de caridade durante aquele dia para acabar com a pandemia e suas consequências nefastas para a humanidade.

Nos últimos dias, os bispos birmaneses haviam anunciado a prorrogação até 15 de maio da suspensão das celebrações públicas das Missas e de todas as atividades pastorais abertas à participação dos fiéis que deveriam ter  sido retomadas em 1º de maio, após a decisão do governo de estender as medidas restritivas contra a contágio por mais duas semanas.

Continuam, no entanto, os trabalhos da Igreja no país para ajudar a enfrentar a emergência de saúde. Os bispos, juntamente com a Conferência dos Religiosos de Mianmar e a Caritas local (Karuna), lançaram campanhas de informação e conscientização para a população, distribuíram material de proteção para os profissionais de saúde, disponibilizaram as estruturas da Igreja para acolher pessoas em quarentena e oferecerem comida aos mais necessitados.

Segundo dados oficiais mais recentes, foram registrados no país 176 casos de contágio, seis mortes e 62 curas.

11 maio 2020, 07:18