Busca

Vatican News

Igrejas em Mizoram oferecem estruturas para quarentena de repatriados

"É uma questão de humanidade neste momento de crise e de todo o coração oferecemos o salão de nossa igreja", disse o secretário da Igreja Presbiteriana de Aizawl. "Estamos mais do que dispostos a ajudar o Estado e nosso povo, porque é responsabilidade coletiva de todos nós, inclusive do governo, unir-se neste momento difícil", afirmou por sua vez bispo de Aizawl, Dom Stephen Rotluanga.

Vatican News

As instituições eclesiásticas de Mizoram, um Estado de maioria cristã no nordeste da Índia, concordaram em oferecer suas estruturas ao governo para serem usadas como centros de acolhida para compatriotas repatriados, submetidos obrigatoriamente a medidas de quarentena.

"Estamos mais do que dispostos a ajudar o Estado e nosso povo, porque é responsabilidade coletiva de todos nós, inclusive do governo, unir-se neste momento difícil", afirmou à UCA News o bispo de Aizawl, Dom Stephen Rotluanga, destacando como essa ajuda não representa um problema para a Igreja, pois ela já é bastante ativa no campo social.

"Apenas alguns detalhes logísticos devem ser definidos com o governo sobre o tipo de estrutura de que necessitam - explicou o prelado - porque muitas de nossas salas são interligadas entre elas. Trata-se apenas de organizar a logística, mas estamos prontos com as estruturas".

O bispo falou da ajuda - comida e outras necessidades básicas - entregue pela diocese a mais de 5.000 pessoas durante o bloqueio nacional e de sua disposição de se aliar "com outras denominações para ajudar e fazer todo o possível".

96 Igrejas de diferentes denominações de Mizoram, de fato, se apresentaram e estão emprestando algumas salas para serem usadas na quarentena dos repatriados. Destas, 75 pertencem à Igreja Presbiteriana, 15 à Igreja Batista de Mizoram e seis ao Exército da Salvação.

C. Lalramliana, secretário da Igreja Presbiteriana de Aizawl Venghnuai, disse que estava feliz por poder ajudar: "É uma questão de humanidade neste momento de crise e de todo o coração oferecemos o salão de nossa igreja".

Mizoram, Estado localizado entre Bangladesh e Mianmar, é um dos três Estados de maioria cristã na Índia, com os s cristãos representando quase 90% da população, os budistas cerca de 8% e os hinduístas  os 2% restantes. (AP)

21 maio 2020, 07:12