Busca

Vatican News
A Espanha é o segundo país em número de contágios, 223.578. Os óbitos são 26.478 A Espanha é o segundo país em número de contágios, 223.578. Os óbitos são 26.478  (AFP or licensors)

Incansável a ação da Igreja na Espanha durante pandemia

Com a queda no número contágios, os olhares voltam-se para o pós-pandemia. A ação da Igreja durante os momentos mais difíceis, foi ressaltada pelo episcopado espanhol em um fórum online.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

“Durante a pandemia, a Igreja não parou. Ela sempre pode contar, e continua a fazê-lo, com dois braços: a Caritas, com a qual ajuda os pobres, e a Manos Unidas, com que chega aos irmãos mais distantes e necessitados".

Foi o que afirmou o presidente dos bispos espanhóis e arcebispo de Barcelona, Dom Juan José Omella, ao participar do fórum on-line organizado pelo New Economy Forum. Participaram do encontro realizado por videoconferência o arcebispo de Madri, cardeal Carlos Osoro, e o presidente da Caritas Espanha, Manuel Bretón.

Segundo os prelados, durante o período mais crítico da pandemia, “nunca faltou a ação evangelizadora da Igreja, realizada por meio das diversas plataformas de comunicação. Assim como foi sempre garantida a presença nos hospitais”.

 

A reflexão do arcebispo de Barcelona abrangeu vários temas, a começar por aqueles de atualidade, como a pós-pandemia: "Iremos nos deparar com uma cultura diferente, uma nova civilização do amor. Teremos necessidade um do outro, porque percebemos que não somos eternos, e sabemos bem que as grandes crises nos aproximam de Deus".

O presidente do episcopado local, cardeal Carlos Osoro, disse estar convencido de que "no que diz respeito ao cenário político, agora é necessário um pacto entre os partidos envolvidos na retomada e nas instituições".

Ao falar da Caritas, Manuel Bretón revelou os grandes resultados obtidos em virtude da arrecadação de fundos e, sobretudo, graças à "solidariedade do povo espanhol", que ele considerou "fundamental".

Citando por fim a Populorum Progressio de Paulo VI, segundo a qual "para ser autêntico, o desenvolvimento deve ser integral, o que significa a promoção do homem em todos os seus aspectos”, o cardeal afirmou que “hoje, mais do que nunca, é necessário ter um lar decente e um trabalho digno. Esse deve ser o objetivo de todos." (DD)

10 maio 2020, 17:59