Busca

Vatican News
As irmãs rezam o terço todo dia, às 20h30min As irmãs rezam o terço todo dia, às 20h30min  (AFP or licensors)

Covid-19: mais de 3 mil freiras rezam pelo fim da pandemia e ajudam necessitados na Polônia

Elas rezam o terço diariamente em comunhão com a Igreja do país, jejuando e fazendo sacrifícios pelo fim da pandemia. Divididas em hospitais, escolas e instituições de assistência, as religiosas confeccionam máscaras de proteção, recolhem doações e se ocupam de idosos e moradores de rua: fazem o mercado, preparam a comida e dão assistência espiritual e psicológica por telefone.

Andressa Collet – Cidade do Vaticano

Ouça a reportagem e compartilhe

Mais de 3 mil religiosas estão divididas em hospitais, escolas e instituições de assistência para ajudar os mais necessitados na Polônia, em decorrência dos efeitos causados pela pandemia do Covid-19. Além disso, há freiras organizadas em grupos que costuram máscaras de proteção e aventais, relata uma nota do site da Conferência Episcopal do país.

A Ir. Jolanta Olech, da Congregação das Irmãs Ursulinas e secretária-geral da Conferência das Superiores Maiores das Congregações Religiosas Femininas, afirma que, muitas delas, ainda se ocupam dos idosos, de quem está sozinho e dos moradores de rua. A religiosa conta que as freiras estão “ajudando a fazer o mercado, preparando a comida e refeições quentes, recolhendo doações, ajudando as famílias em quarentena e fornecendo assistência por telefone” – uma ajuda espiritual e psicológica em situação de crise familiar.

Freiras rezam pelo fim da pandemia

O suporte não se limita à beneficência e ao apoio psicológico, ao conduzir colóquios terapêuticos e projetos educativos para crianças e jovens, mas compreende também, e sobretudo, a oração pelo fim da pandemia, pelos profissionais de saúde e pelos doentes. As irmãs rezam o terço todo dia, às 20h30, em comunhão com toda a Igreja da Polônia, jejuando, fazendo sacrifícios e organizando adorações ao Santíssimo Sacramento.

04 maio 2020, 12:36