Busca

Vatican News
Menina prestes a embarcar em um ônibus com outros migrantes, próximo à Atenas Menina prestes a embarcar em um ônibus com outros migrantes, próximo à Atenas  (AFP or licensors)

Novo presidente da Caritas Europa: não deixar ninguém para trás

“Neste momento, é necessária a humanidade e a solidariedade de todos e de cada um de nós. Não podemos mudar tudo. Mas podemos mudar muito, caso quisermos. Juntos, em um espírito de amor e solidariedade. Concentremo-nos nas possibilidades que temos. Concentremo-nos em nossos pontos fortes. Não deixemos ninguém para trás”.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

A Assembleia anual da Caritas Europa elegeu na última semana seu novo presidente, na pessoa de monsenhor Michael Landau, Caritas Áustria, bioquímico e sacerdote que, desde o início de seu trabalho na Caritas, se concentrou em temas sociais sensíveis, da exclusão aos refugiados, da pobreza à responsabilidade social de cada cidadão. Na Conferência Regional Caritas Europa realizada virtualmente, participaram representantes das 42 organizações membros da rede Caritas Europa.

Todos e cada um de nós têm o poder e a vontade de mudar uma sociedade para melhor

 

Em seu discurso de boas-vindas, mosnenhor Landau expressou seu sincero agradecimento pela confiança que a organização depositou em seu novo mandato, em especial pela situação  que a comunidade mundial está passando atualmente devido à propagação da pandemia de Covid-19 e ao desafio que ela representa para a rede Caritas, chamada a servir justamente os mais vulneráveis ​​e necessitados. 

No comunicado final da assembleia, é destacada a dedicação do novo presidente. "Ele está convencido - diz a nota - de que todos e cada um de nós têm o poder e a vontade de mudar uma sociedade para melhor".

"Durante os últimos anos, como na crise atual - afirmou o sacerdote austríaco -, pudemos experimentar, por um lado, o risco de que a coesão social e a solidariedade a nível de Estados estivessem se corroendo na sociedade europeia. Por outro lado, também pudemos experimentar sinais encorajadores de coesão, solidariedade, dedicação e amor de pessoa para pessoa em tempos difíceis, especialmente entre os jovens.”

Todos somos responsáveis

 

O novo presidente da Caritas Europa enfatizou que a atual crise confirma que somos todos responsáveis, por nós mesmos e pelos outros, pelos mais vulneráveis ​​e pelo planeta.

“Neste momento, é necessária a humanidade e a solidariedade de todos e de cada um de nós. Não podemos mudar tudo. Mas podemos mudar muito, caso queiramos. Juntos, em um espírito de amor e solidariedade. Concentremo-nos nas possibilidades que temos. Concentremo-nos em nossos pontos fortes. Não deixemos ninguém para trás” -  exortou Monsenhor Landau.

Laudato Si: importante documento de referência para a Caritas 

 

O quinto aniversário da Carta Encíclica do Papa Francisco Laudato Si também foi tema da Assembleia anual. A esse respeito, a secretária geral da Caritas Europa, Maria Nyman, afirmou que, considerando que esta Encíclica se concentra no cuidado da casa comum, "é e continuará sendo" um importante documento de referência para a Caritas nos próximos anos.

"Nossa estratégia futura - enfatizou a secretária-geral - integrará a atenção para a criação em suas prioridades centrais, como um meio para promover a justiça social e a dignidade das pessoas que servimos como rede".

Os debates durante a Conferência Regional giraram em torno da preparação e análise do Marco Estratégico Caritas Europa 2021-2028.

Por fim, a Assembleia decidiu que a Conferência Regional de 2021 terá lugar em Andorra (Espanha) de 10 a 12 de maio e a edição de 2022 será organizada pela Caritas Hellas (Grécia). (ATD)

25 maio 2020, 07:52