Busca

Vatican News
Na Síria, quase dez anos de guerra praticamente cancelaram a comunidade cristã, apoiada com dificuldade pela Igreja e por ONGs. Na Síria, quase dez anos de guerra praticamente cancelaram a comunidade cristã, apoiada com dificuldade pela Igreja e por ONGs.  (AFP or licensors)

Apoio econômico da AIS a 20 mil famílias na Síria

.

Vatican News

A Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) apoiará 20.550 famílias cristãs, ortodoxas e protestantes na Síria que estão em dificuldade após o fechamento das atividades devido à pandemia de Covid-19.

 

O programa de ajuda, no valor de mais de meio milhão de euros, inclui sete projetos que envolverão diferentes centros populacionais. Serão beneficiadas famílias de cidades bombardeadas e destruídas durante a guerra, incluindo 6.190 famílias de Alepo e 7.680 de Homs, e ainda cerca de 400 famílias das cidades de Al-Hassakeh e Al-Qamishli, no nordeste da Síria, a área atualmente mais afetada pelo conflito armado.

"Cada família receberá um subsídio único de 25 euros, que permitirá comprar itens essenciais de higiene e alimentos para se proteger do coronavírus - explica Thomas Heine-Geldern, presidente executivo da AIS International -. Pode não parecer muito, mas é cerca de metade da renda mensal de uma família síria média". (TC)

22 maio 2020, 12:13