Busca

Vatican News

Caritas doa 100 respiradores a hospitais poloneses

Graças à resposta positiva à campanha de apoio à medicina, além dos respiradores, a Caritas pode encomendar 10 mil roupas de proteção completas, 14 mil máscaras cirúrgicas e nove mil máscaras com filtro KN95. Foi possível chegar a uma cifra tão elevada graças aos parceiros da campanha, entre os quais importantes empresas.

Vatican News

Resultado impressionante da campanha de solidariedade #Gratidão à medicina, lançada pela Caritas Polônia para atender às necessidades dos hospitais poloneses na linha de frente contra a epidemia de coronavírus. Em 16 de abril, o país registrava 7.918 casos e 314 mortes de Covid-19 no país.

“Encomendamos 100 respiradores para transporte com equipamento completo. Esses aparelhos permitem a respiração quer para adultos como recém-nascidos, e na Polônia são conhecidos e usados ​​principalmente em ambulâncias", informa Paweł Ślusarczyk, coordenador de projetos para a Caritas Polônia.

"Os primeiros respiradores - precisou o sacerdote - serão usados ​​no Instituto Mãe e Filho e no Hospital Wolski em Varsóvia, no Hospital municipal J. Struś, em Poznań, pelas equipes de saúde de Przasnysz e Nidzica e por alguns hospitais militares em Lublin, Wroclaw, Gdansk e Bydgoszcz".

Até metade de maio, de acordo com o site do Episcopado polonês, entre 30 e 50 unidades estarão disponíveis, enquanto o pedido será concluído em 25 de junho próximo.

Os respiradores encomendados são produzidos no Reino Unido e são muito apreciados pelos médicos poloneses: "Antes de fazer o pedido, pedimos informações", explica arclusarczyk, que cita a colaboração da Grande Orquestra de Caridade de Natal: "Eles nos ajudaram a encontrar um fornecedor confiável e a negociar um preço favorável - acrescentou. Muito obrigado por essa ajuda. Penso que a nossa colaboração é um bom exemplo de união entre organizações polonesas na luta contra a pandemia global".

O valor do equipamento encomendado é de cerca de 500 mil euros: além dos respiradores, a Caritas encomendou 10 mil roupas de proteção completas, 14 mil máscaras cirúrgicas e nove mil máscaras com filtro KN95. Foi possível chegar a uma cifra tão elevada graças aos parceiros da campanha, entre os quais estão importantes empresas.

"A Caritas usufrui de uma grande confiança do público - sublinha seu diretor, padre Marcin Iżycki - o importante é que a ajuda de nossos parceiros comerciais não se limita a fazer doações para combater a epidemia: recebemos também doações de materiais, como máscaras, com as quais podemos ajudar os idosos e os voluntários que cuidam deles, equipando-os com os dispositivos de proteção necessários".

17 abril 2020, 06:53