Busca

Vatican News

Igreja em Mianmar oferece propriedades para serem usadas como centros quarentena

A Igreja Católica em Mianmar ofereceu várias de suas instalações para serem usadas como centro de quarentena.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

Um grupo nacional de coordenação da Igreja para a emergência de Covid-19, instituído em 30 de março e liderado pelo arcebispo de Yangon, cardeal Charles Bo, exortou os bispos locais a prepararem centros de quarentena oferecendo propriedades da Igreja, a realizarem campanhas de prevenção e sensibilização sobre a pandemia de coronavírus por meio de grupos diocesanos e a contribuirem com doações, com o voluntariado e com a oração.

Baseado nisso, o Seminário Maior de São José em Yangon se organizou para acolher 130 pessoas e um terreno de propriedade da Igreja em Thanlyin, cidade portuária perto de Yangon, em breve será usado como um centro de quarentena com 300 leitos.

O prédio em frente ao Hospital Geral de Yangon, de propriedade da Conferência Religiosa Católica de Mianmar, foi oferecido para abrigar enfermeiras e médicos.

 

Na Arquidiocese de Mandalay, quatro propriedades eclesiásticas, incluindo dois seminários, foram preparadas para serem usadas como centros de quarentena, enquanto a Diocese de Pyay colocou à disposição um Seminário Menor.

Na Diocese de Banmaw, Estado de Kachin, um centro de formação profissional administrado pela Igreja poderá, por sua vez, acomodar cerca de 30 pessoas.

O bispo Raymond Sumlut Gam, responsável pela Caritas (Karuna) Myanmar, afirmou à UCA News que toda a Igreja se uniu na batalha do país contra o Covid-19. Também a Comissão Nacional da Juventude convidou os jovens para servir como voluntários na resposta à emergência sanitária.

A Conselheira de Estado Aung San Suu Kyi, anunciou em sua página do Facebook, em 23 de abril, que as diretrizes do Comitê Central Nacional para a prevenção, controle e tratamento do coronavírus foram prorrogadas de 30 de abril para 15 de maio, não sabendo ainda "quando a onda do Covid-19 se aplacará".

Em 24 de abril, Mianmar registrou 139 casos de Covid-19 e 5 mortes.

24 abril 2020, 14:23