Busca

Vatican News

Mesmo com igrejas fechadas, o Senhor entra em nossos corações e nos traz a sua paz, dizem bispos da Libéria

Em uma mensagem dirigida aos fiéis, os bispos da Libéria enfatizam a importância da família como "Igreja doméstica", fazendo referência às palavras de São João Paulo II pronunciadas em 6 de outubro de 1995 em Nova York. Em relação aos fiéis, dizem estar “orgulhosos pelos esforços realizados para demonstrar a própria fé, quer em público como de forma privada, às vezes mesmo contra todos. Continuem a fazer isso, sabendo que vocês são a Igreja!”. Os bispos também agradecem aos profissionais de saúde, sacerdotes, religiosas e religiosos.

Vatican News

"As igrejas estão vazias, mas Cristo está vivo!" Esta é a forte mensagem de esperança divulgada pelos bispos da Libéria em tempos de pandemia de coronavírus, com o objetivo de encorajar os fiéis.

Ouça e compartilhe!

Em uma mensagem publicada em sua página no facebook, a Conferência Episcopal da Libéria reitera que, apesar da proibição de celebrar Missas com participação dos fiéis para evitar o contágio de Covid-19, "Cristo ressuscitado sempre permanece conosco, nos tranquiliza e isso nos conforta."

Família, Igreja doméstica

 

Por esse motivo, os prelados enfatizam a importância da família como "Igreja doméstica" e o fazem com as palavras pronunciadas por São João Paulo II em 6 de outubro de 1995 em Nova York, na Missa presidida no Hipódromo do Aqueduto no Brooklyn: "Os pais católicos devem aprender a fazer da própria família uma "Igreja doméstica", ou que significa dizer, uma Igreja em casa, na qual Deus seja honrado, sua lei respeitada, a oração um atitude normal, a virtude transmitida com as palavras e com o exemplo, e na qual cada um compartilha as esperanças, problemas e sofrimentos de todos. Tudo isso não significa invocar um retorno a um certo estilo de vida desatualizado: significa sim, retornar às raízes do desenvolvimento humano e da felicidade humana!".

Uma tarefa que talvez hoje, devido ao "flagelo do coronavírus", possa parecer "desanimadora e árdua", escreve a Igreja na Libéria, mas que deve ser levada em frente, com a consciência de que "o bem sempre vence o mal".

Viver as promessas batismais

 

Os prelados, então, exortam os fiéis a viverem as promessas batismais, "promessas de verdade, amor, justiça, paz e reconciliação", de modo a "demonstrar, por meio da fé, que somos verdadeiramente filhos de Deus".

“Estamos orgulhosos – lê-se na mensagem episcopal - dos esforços realizados para demonstrar a própria fé, quer em público como de forma privada, às vezes mesmo indo contra todos. Continuem a fazer isso, sabendo que vocês são a Igreja!”.

Mesmo que "as portas das igrejas estejam fechadas, de fato, o Senhor entra em nossos corações e nos traz a sua paz".

Gratidão aos profissionais da saúde e à vida consagrada

 

Ao mesmo tempo, a Conferência Episcopal da Libéria expressa sua gratidão aos profissionais da saúde e a todos aqueles que buscam prover às necessidades das pessoas atingidas pelo "coronavírus": trata-se de um serviço "inestimável", um "sinal e presença" concretos do Ressuscitado.

Outro agradecimento caloroso é dirigido a todos os sacerdotes, religiosas, religiosos e consagrados que, "neste período de provação, continuam a prestar, na medida do possível, os serviços necessários. "Obrigado, porque nas Missas, nas orações e nas obras cotidianas, vocês levam espiritualmente os fiéis com vocês", dizem os bispos.

Solidariedade e unidade

 

E é precisamente aos fiéis que os bispos liberianos lançam um apelo, para que continuem a observar as regras de segurança da saúde, recordando que "a solidariedade e a unidade são elementos essenciais no esforço comum de superar a pandemia. Não politizemos nossa luta contra o vírus, mas nos comportemos com amor e espírito patriótico".

A mensagem episcopal termina confiando os doentes e suas famílias ao Senhor e com uma oração à Virgem Maria, para "curar o mundo da pandemia de Covid-19", as "feridas e divisões" do passado e trazer "paz, justiça e reconciliação ao país.

18 abril 2020, 12:02