Busca

Vatican News

Na Índia, jesuítas socorrem "castas inferiores" da fome

"Fiquei chocado quando muitas pessoas vieram me pedir comida, dizendo que não tinham o que comer por quatro dias consecutivos", contou padre Juno Sebastian, diretor de Manthan, o centro jesuíta de ação social de Patna.

Vatican News

Uma missão jesuíta no Estado indiano de Bihar - relata a UCA News - está trabalhando em conjunto com uma agência governamental para alimentar milhares de pessoas pobres, pertencentes a Musahar, os comedores de ratos, os mais desfavorecidos entre as comunidades dalits, envolvidos nos trabalhos mais humildes na periferia de Patna, capital de Bihar.

Ouça e compartilhe!

Após a quarentena nacional imposta pelo governo em 24 de março para tentar conter a pandemia de coronavírus, esta comunidade de "intocáveis" - conhecida por caçar e consumir ratos devido à sua pobreza e por viver às margens da sociedade indiana - começou a padecer de fome.

Padre sensibilizado: estavam sem comer há quatro dias

 

"Fiquei chocado - conta padre Juno Sebastian, diretor de Manthan, o centro jesuíta de ação social de Patna - quando muitas pessoas vieram me pedir comida, dizendo que não tinham o que comer por quatro dias consecutivos".

O sacerdote então, juntamente com os funcionários da agência ferroviária - que concordaram em ajudá-lo - imediatamente começou a distribuir alimentos, e aos mais vulneráveis, incluindo crianças e idosos, foram entregues com urgência cerca de 5.000 pacotes de alimentos.

"Agora estamos distribuindo refeições quentes para 1.500 delas todos os dias e continuaremos até o fim do isolamento", disse o jesuíta. "Também estamos trabalhando para ajudar 6.500 famílias Musahar em Patna, num total de cerca de 40.000 pessoas".

Falta de documento impede acesso a alimentos distribuídos pelo governo

 

O governo do Estado de Bihar também está distribuindo grãos e alimentos de graça, mas muitos não podem usufruir deles porque não possuem documentos que comprovem onde vivem e confirmem sua identidade, acrescentou o padre Premlal Lucas, professor do Colégio Jesuíta de São Francisco Xavier, em Patna.

Padre Lucas relatou como o colégio também está engajado na distribuição de alimentos para cerca de 530 famílias Musahar e está providenciando recursos adicionais para garantir o fornecimento contínuo de alimentos.

A distribuição de alimentos também está ocorrendo nas favelas da cidade e nos povoados vizinhos, onde o provincial da Companhia de Jesus de Patna, padre Donald Miranda, contou à UCA News como conseguiu alcançar outras 700 famílias.

A ajuda também foi estendida a partes de Uttar Pradesh, o suficiente para alimentar quase 3.000 famílias por dia, acrescentou a província.

 Em 23 de abril, a Índia registrava 22.797 casos Covid-19 e 681 mortes.

22 abril 2020, 10:16