Busca

Vatican News

Diocese de Latacunga cria Banco de Alimentos para necessitados

"Os pobres aumentam a cada dia devido à crise econômica global e sempre esperam que compartilhemos algo com eles". Por meio dessa "obra de caridade e humana, é criada uma Igreja misericordiosa que vive o amor e a proximidade com os necessitados", o bispo da Diocese, Dom Geovanni Mauricio Paz.

Vatican News

Para responder à crise causada pela pandemia de "coronavírus" e, sobretudo, para ajudar os mais pobres e necessitados, provados pela decorrente crise econômica, a Diocese de Latacunga, no Equador, criou um Banco de Alimentos.

Ouça e compartilhe!

Trata-se – lê-se no site dos bispos locais - de uma "organização beneficente de natureza social, sem fins lucrativos, com base no trabalho voluntário, cujo objetivo é arrecadar, organizar e distribuir alimentos doados por empresas e pessoas de boa vontade."

O material arrecadado será então entregue às pessoas em dificuldade, por meio de um serviço coordenado por sacerdotes e agentes pastorais diocesanos. Doações à iniciativa poderão ser feitas por meio de depósito em uma conta corrente especial aberta para este fim.

"Convido todos a colaborar - escreve o bispo local, Dom Geovanni Mauricio Paz. Esta iniciativa pertence a todos e, portanto, devemos senti-la como tal".

"Os pobres – acrescenta o prelado - aumentam a cada dia devido à crise econômica global e sempre esperam que compartilhemos algo com eles". Por meio dessa "obra de caridade e humana, é criada uma Igreja misericordiosa que vive o amor e a proximidade com os necessitados", como na parábola do bom samaritano, narrada no Evangelho de Lucas, na qual Jesus diz: "Vai e faze tu o mesmo" (Lc 10,37).

A nota episcopal termina com a oração do Papa Francisco à Virgem Maria, divulgada em 11 de março passado, por ocasião do "Dia de oração e jejum" organizado pelo Vicariato de Roma para "invocar a ajuda de Deus para a cidade, para a Itália e o mundo ”diante da pandemia de coronavírus”.

Ó Maria,
Tu sempre brilhas no nosso caminho
como um sinal de salvação e esperança.
Confiamos em ti, Saúde dos enfermos,
que junto da cruz foste associada à dor de Jesus,
mantendo firme a tua fé.

Tu, Salvação do povo romano,
sabes do que precisamos
e temos a certeza de que providenciarás
para que, como em Caná da Galileia,
voltem a alegria e a festa depois desta provação.

Ajuda-nos, Mãe do Divino Amor,
a conformar-nos com a vontade do Pai
 e a fazer o que Jesus nos disser,
o qual assumiu sobre si o nosso sofrimento
e carregou as nossas dores
para nos guiar através da cruz,
rumo à alegria da ressurreição. Amém!

Sob a tua proteção procuramos amparo, Santa Mãe de Deus.
Não desprezes as nossas súplicas, nós que estamos na provação,
e livrai-nos de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita!

18 abril 2020, 09:36