Busca

Vatican News

Cavaleiros de Colombo doam US$ 100 mil a famílias pobres de Los Angeles

"Os Cavaleiros de Colombo são há muito tempo bons amigos e parceiros em nosso serviço às famílias da Arquidiocese de Los Angeles - disse o arcebispo José H. Gomez - somos muito gratos por sua ajuda nesta emergência nacional de saúde. Seu generoso dom é um belo sinal da compaixão de Cristo e levará ajuda e esperança a milhares de famílias necessitadas".

Vatican News

Uma alocação de cem mil dólares para as famílias mais vulneráveis ​​de Los Angeles: esta é a contribuição na luta contra o coronavírus dos Cavaleiros de Colombo, a mais antiga organização católica dedicada ao serviço ao próximo, fundada nos Estados Unidos em 1882. A organização ingressou assim no programa “Hearts to Serve” da Arquidiocese de Los Angeles, alocando fundos para Bancos de Alimentos naquela área.

Ouça e compartilhe!

"Corações para servir"

 

A campanha “Hearts to Serve” foi lançada em março pelo Escritório da Arquidiocese para a Vida, Justiça e Paz, em colaboração com a Sociedade São Vicente de Paulo e os próprios Cavaleiros de Colombo.

Um número de telefone gratuito oferece apoio àqueles que precisam, em particular aos idosos, às mulheres grávidas e àqueles que, reclusos em casa, não têm ninguém quem cuide deles. A iniciativa funciona graças ao serviço voluntário de assistentes sociais e enfermeiros que estão do outro lado da linha e também oferece serviços adicionais, incluindo a assistência sobre como se orientar no uso do sistema de saúde.

"Os Cavaleiros de Colombo são há muito tempo bons amigos e parceiros em nosso serviço às famílias da Arquidiocese de Los Angeles - disse o arcebispo José H. Gomez - somos muito gratos por sua ajuda nesta emergência nacional de saúde. Seu generoso dom é um belo sinal da compaixão de Cristo e levará ajuda e esperança a milhares de famílias necessitadas".

"Não deixem seu vizinho para trás"

 

Os Cavaleiros também lançaram uma nova iniciativa nacional chamada "Não deixem seu vizinho para trás". O novo programa encoraja a assistir as pessoas mais próximas, quer sejam elas vizinhos, ou da própria comunidade ou paróquia a que pertencem, ou dos companheiros dos Cavaleiros de Colombo ou quem quer que seja o “próximo” indicado por Jesus.

A primeira fase do programa nacional começa precisamente com a doação de cem mil euros aos Bancos de Alimentos da Arquidiocese californiana: “Estamos diante de uma situação de pandemia em que a fome é uma preocupação crescente para um número cada vez maior de pessoas desempregadas e para suas famílias - explicou o Cavaleiro Supremo dos Cavaleiros de Colombo, Carl Anderson. Como organização, fornecemos um apoio vital em momentos-chave, também durante a pandemia de gripe de 1918, durante as duas guerras mundiais e após desastres naturais. A nossa iniciativa dá continuidade a essa tradição e trabalharemos diretamente com os Bancos de Alimentos para ajudar a garantir que os alimentos cheguem aos mais necessitados nas comunidades, de costa a costa".

24 abril 2020, 07:47