Busca

Vatican News
O material será distribuído nos próximos dias aos operadores e voluntários envolvidos na rede de serviços eclesiais O material será distribuído nos próximos dias aos operadores e voluntários envolvidos na rede de serviços eclesiais 

Da Caritas chinesa, cem mil máscaras para a Caritas Ambrosiana

Não só máscaras, mas também aventais e gel desinfetante foram enviados pela rede de caridade vinculada à Igreja Católica na China. O material chegou na manhã desta quarta-feira.

Vatican News

Luvas, aventais, gel desinfetante para as mãos, mas sobretudo máscaras, mais de cem mil, chegaram na manhã desta quarta-feira no Centro de logística da Caritas Ambrosiana de Burago, Província de Monza-Brianza, provenientes da China.

Ouça e compartilhe!

O material foi enviado pela Jinde Chariteis, a rede de caridade vinculada à Igreja Católica na República Popular da China. A informação é da Caritas da Arquidiocese de Milão.

A organização, fundada pelo padre John Baptist Zhang, havia conseguido distribuir, com o apoio da Caritas alemã, dispositivos de proteção individual aos agentes envolvidos na linha de frente contra o contágio na Província de Hebei, no norte do país.

 

Agora que também naquela região - assim como em Wuhan, a primeira infectada no país - o número de contagiados por Covid-19 chegou a zero, o padre Zhang quis manifestar seu apoio à Itália, em particular à região mais afetada, a Lombardia, decidindo portanto fazer esta doação à Caritas Ambrosiana.

"Somos muito agradecidos ao padre Zhang. Sua oferta nos permitirá dar continuidade a nossa ação em segurança e mais uma vez demonstra o grande valor de nossa rede e os laços de solidariedade que nos mantêm unidos através das fronteiras nacionais", destaca Luciano Gualzetti, diretor da Caritas Ambrosiana.

O material será distribuído nos próximos dias aos operadores e voluntários envolvidos na rede de serviços eclesiais: refeitórios para os pobres, dormitórios, centros diurnos para pessoas com deficiência, residências para idosos.

O suprimento será indispensável para permitir àqueles que desde os primeiros dias da emergência nunca deixaram de oferecer às pessoas mais vulneráveis serviços essenciais, continuar a fazê-lo, protegendo assim a própria saúde e a de seus hóspedes.

01 abril 2020, 14:06