Busca

Vatican News
Budapeste prepara-se para acolher o 52º Congresso Eucarístico Internacional Budapeste prepara-se para acolher o 52º Congresso Eucarístico Internacional 

Congresso Eucarístico Internacional terá Missa no dialeto "lovari"

"Todas as minhas fontes estão em ti" será o lema da 52ª edição do Congresso Eucarístico Internacional, a ser realizado entre os dias 13 e 20 de setembro de 2020 na Arquidiocese de Esztergom-Budapeste, na Hungria. Os inscritos já são mais de 50 mil, provenientes de 80 países.

Cidade do Vaticano

Uma Missa na língua "romani lovari", um dos tantos dialetos ciganos. Esta será umas das novidades no 52º Congresso Eucarístico Internacional, a ser realizado em Budapeste, Hungria, de 13 a 20 de setembro de 2020. A celebração em “lovari”, realizada pela primeira vez durante um Congresso Eucarístico, terá lugar no dia 17 de setembro, na Hungexpo.

Ouça e compartilhe!

O anúncio foi dado pelo arcebispo de Esztergom-Budapeste e primaz da Hungria, cardeal Péter Erdő, convidado do programa radiofônico "Bom dia Hungria", transmitido pela Rádio Kossuth. "Trata-se de um evento único e importante - explicou o cardeal - será uma grande festa" para todos os ciganos.

Ao ilustrar o programa completo do Congresso, o primaz da Hungria enfatizou que ele será dedicado a eventos não apenas religiosos, mas também momentos de reflexão com o objetivo de aprofundar o espírito do amor cristão pelo mundo. Neste sentido, serão realizados diversos seminários científicos, concertos e testemunhos, além de um simpósio teológico de três dias que precederá o trabalho do Congresso propriamente dito, e para o qual são esperados acadêmicos de todos os continentes.

 

Sem esquecer o aspecto da solidariedade,  o cardeal Erdő anunciou sua intenção de organizar uma "Festa da Caridade" na Praça João Paulo II, durante a qual serão servidas refeições quentes para pessoas pobres e necessitadas.

"Não será uma mera distribuição de comida – explicou ele  - mas almoçaremos juntos, expressando nosso sentimento comunitário" em relação às pessoas mais necessitadas e em dificuldade.

Dedicado ao tema "Todas as minhas fontes estão em ti - A Eucaristia: fonte da vida e da missão cristã", o Congresso será aberto por uma Missa solene no Estádio de Puskás Ferenc.

"Durante a celebração - explicou o primaz da Hungria - mais de 4 mil pessoas irão comungar pela primeira vez, e suas vestes brancas serão confeccionadas por uma cooperativa de pessoas com deficiência".

O cardeal também faz votos de que o Papa Francisco presida a Missa de encerramento do Congresso, acolhendo assim o convite que lhe foi apresentado pelos bispos húngaros e pelo chefe de Estado János Áder.

Neste meio tempo, já são mais de 50 mil as inscrições, com participantes de mais de 80 países.

09 março 2020, 10:52