Busca

Vatican News
Peru Peru  (ANSA)

Coronavírus: do CELAM uma "palavra de esperança" para toda a Igreja

Reafirmação e a proximidade aos bispos, sacerdotes, religiosos e religiosas, leigos e comunidades cristãs diante da difícil situação gerada pela rápida expansão da Covid-19, na mensagem enviada através das redes sociais pelo Conselho Episcopal Latino-americano e Caribe.

Isabella Piro - Cidade do Vaticano

Uma palavra de esperança": este é o título da mensagem que a presidência do CELAM (Conselho Episcopal Latino-americano e Caribe) publicou em seu site para incentivar todas as Igrejas da região diante da emergência sanitária provocada pela propagação do "coronavírus". "Expressamos nossa proximidade aos bispos, sacerdotes, religiosos e religiosas, leigos e comunidades cristãs diante da difícil situação gerada pela rápida expansão da Covid-19", lê-se no documento.

Ouça a reportagem

A cultura do encontro

Especificamente, os bispos e sacerdotes são encorajados "a reforçar criativamente a 'cultura do encontro' através dos espaços virtuais que a tecnologia permite hoje", para "acompanhar o povo de Deus" com a celebração diária da Missa. As celebrações com a participação física dos fiéis, de fato, foram suspensas para evitar o contágio. Sobre aqueles que, ao invés, estão empenhados em estar "fisicamente perto dos doentes, dos sem abrigo e dos migrantes", o CELAM invoca a proteção do Senhor e a confirmação do Espírito Santo, "através de palavras de força, conforto e esperança, pelos seus gestos concretos de caridade".

Oração e gratidão são também asseguradas e expressas para os leigos, especialmente "pela compreensão" demonstrada por eles "nestes momentos excepcionais". A eles, o CELAM recorda que, embora o acesso aos lugares de culto tenha sido regulamentado com base na normas de saúde anti-contágio, "a presença de Deus não permanece fechada dentro das paredes das Igrejas, porque todo batizado é um templo vivo onde o Senhor habita". Daí o encorajamento a "fazer de cada lar uma verdadeira Igreja doméstica, onde a oração e a caridade cristã sejam vividas na família".

Obras de misericórdia

O CELAM, além disso, não esquece os pacientes de "coronavírus" e reza pela sua pronta recuperação. Além disso, um ulterior agradecimento aos profissionais da saúde, médicos, enfermeiros e outros profissionais "pelo seu compromisso com os seus irmãos e irmãs doentes". "Através do seu serviço – lê-se na mensagem - vocês dão vida à obra de misericórdia de ajudar os doentes".

Enfim, convidando a todos "a não perder a esperança e a depositar a sua confiança em Deus", o CELAM pede para invocar a Virgem Maria com a oração recitada pelo Papa Francisco na mensagem de vídeo transmitida no dia 11 de março passado, no "Dia de Oração e Jejum" promovido pela Diocese de Roma para invocar a ajuda de Deus sobre a cidade, sobre a Itália e sobre o mundo inteiro.

 

22 março 2020, 09:15