Busca

Vatican News
CROATIA-QUAKE/

Cardeal Bozanic: proximidade às pessoas afetadas pelo coronavírus e terremoto

O sismo que atingiu a capital croata e seus arredores, no último domingo (22/03), não causou morte, mas danos significativos a 250 edifícios no centro histórico da cidade e áreas da periferia.

Cidade do Vaticano

“Proximidade humana, cristã e pastoral” a todos os que sofrem por causa do terremoto e da epidemia do coronavírus. Foi o que disse o arcebispo de Zagreb, cardeal Josip Bozanic, numa vídeomensagem transmitida pela rádio e TV croatas, nesta segunda-feira (23/03).

Felizmente, o sismo que atingiu a capital croata e seus arredores, no último domingo (22/03), não causou morte, mas danos significativos a 250 edifícios no centro histórico da cidade e áreas da periferia, dentre os quais a catedral e várias outras igrejas, o arcebispado, o Parlamento, o Museu de Arte e Artesanato e a sede da reitoria da universidade. São várias as pessoas deslocadas cujas casas foram danificadas, inclusive o cardeal Bozanic que atualmente está hospedado no seminário em Zagreb, junto com outros residentes do arcebispado.

Segundo a agência Ika dos bispos croata, o purpurado expressou palavras de incentivo, na mensagem de vídeo, diante desse novo desafio, acrescentado também o desafio do coronavírus, pedindo solidariedade e oração: “Devemos pensar primeiro em todas as famílias que ficaram sem casa. O ser humano vem antes de qualquer coisa. É necessária ajuda primeiramente. O resto virá”, disse o cardeal.

O arcebispo pediu aos fiéis para rezar e se unirem espiritualmente aos sacerdotes que celebram a Eucaristia sozinhos nesses dias de pandemia a fim de conter o contágio, confiando na Providência que, de certo modo, salvou vidas, mesmo nessas circunstâncias dramáticas. De fato, se os bispos croatas não tivessem ordenado medidas extraordinárias para a celebração das missas dominicais na semana passada, convidando os fiéis a segui-los na mídia, neste domingo, certamente haveria vítimas nas igrejas danificadas pelo terremoto. “Quero enfatizar que Deus nos ama muito. Devemos respeitar as regras para nos ajudar mutuamente”, disse o cardeal Bozanic, exortando os fiéis a confiar, em particular, na intercessão dos Beatos Alojzije Stepinac e Ivan Mertz.

A mensagem de vídeo concluiu-se com o convite a se unir ao Papa Francisco na oração do Pai-Nosso às 12 horas e do Terço às 21 horas na quarta-feira, 25 de março, Solenidade da Anunciação, por todos os doentes, mas também pelas pessoas afetadas pelo terremoto.

Na semana passada, o cardeal Bozanic enviou uma carta ao presidente da Conferência Episcopal Italiana (CEI), cardeal Gualtiero Bassetti, para manifestar a “proximidade humana e espiritual” da Igreja em Zagreb com a Itália “neste momento de provação por causa da difusão do vírus Covid-19”. Na carta, o cardeal escreve que a comunidade católica da capital croata reza em particular pelos agentes de saúde “que enfrentam generosamente a emergência e por todos aqueles que de várias maneiras tentam ajudar os desfavorecidos e por toda a sociedade”.

 

24 março 2020, 13:41