Busca

Vatican News
Papa Francisco na Canonização de Santa Jacinta,  Fátima 13 de maio de 2017 Papa Francisco na Canonização de Santa Jacinta, Fátima 13 de maio de 2017 

Fátima: celebrações do centenário da morte de Santa Jacinta Marto

“Os três pastorinhos ficavam dentro da Luz de Deus que irradiava de Nossa Senhora”. Palavras do Papa Francisco na canonização de Santa Jacinta Marto, a pastorinha que foi tocada pela aparição de Nossa Senhora

Vatican News

O Santuário de Fátima está preparando um programa celebrativo, para o centenário da morte de Santa Jacinta Marto. A pastorinha que em 13 de maio de 1917, junto com seu irmão mais velho Francisco e sua prima Lúcia dos Santos foram tocados pelas aparições do Anjo e da Mãe de Deus. Santa Jacinta faleceu em Lisboa em 20 de fevereiro de 1920, foi beatificada por São João Paulo II no ano 2000 e canonizada pelo Papa Francisco em 2017. 

Programação do centenário da morte

A programação do seu centenário, segundo o site do santuário terá nesta quarta-feira, 19 de fevereiro, uma vigília de oração, com rosário, procissão e veneração dos túmulos, na Capelinha das Aparições e Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

Em 20 de fevereiro, Festa Litúrgica dos Santos Francisco e Jacinta Marto, será rezado o terço na Capelinha das Aparições, seguindo-se uma procissão com os ícones dos Santos Francisco e Jacinta até à Basílica da Santíssima Trindade, onde tem lugar a eucaristia. À tarde haverá oração de vésperas na Basílica de Nossa Senhora do Rosário.

Em Lisboa, o centenário da morte de Jacinta Marto será assinalado neste dia com uma conferência no Hospital D. Estefânia, onde faleceu a pequena pastorinha. Nesse mesmo lugar, será rezada uma missa, presidida pelo Cardeal Patriarca, D. Manuel Clemente.

Papa Francisco e Santa Jacinta

Na homilia da canonização de Jacinta e Francisco Marto, em Fátima dia 13 de maio de 2017 , o Papa Francisco disse que “os três pastorinhos ficavam dentro da Luz de Deus que irradiava de Nossa Senhora. Envolvia-os no manto de Luz que Deus Lhe dera. No crer e sentir de muitos peregrinos, se não mesmo de todos, Fátima é sobretudo este manto de Luz que nos cobre, aqui como em qualquer outro lugar da Terra quando nos refugiamos sob a proteção da Virgem Mãe para Lhe pedir, como ensina a Salve Rainha, ‘mostrai-nos Jesus’.

19 fevereiro 2020, 12:24