Busca

Vatican News
Bispos venezuelanos Bispos venezuelanos 

Venezuela: na Assembléia dos Bispos a situação precária do país

Teve início nesta terça-feira 07 de janeiro, a 113ª Assembléia plenária da Conferência Episcopal Venezuelana (CEV), que se concluirá no próximo 12 de janeiro. Durante os vários encontros, tentar-se-á compreender como a Igreja pode levar ajuda e conforto à população venezuelana que sofre.

Marina Tomarro - Cidade do Vaticano

O Sínodo para a Amazônia, o protocolo para a prevenção e proteção de abuso de menores, o caminho para a segunda Assembléia Nacional de Pastoral, prevista para o próximo mês de julho, a nova página web da CEV. Estes são os principais temas da centésima décima terceira Assembléia Plenária da Conferência Episcopal Venezuelana (CEV), que teve início nesta terça-feira (07/01) em Caracas e que se concluirá no próximo 12 de janeiro.

A saudação do Papa

Após um momento de adoração eucarística, os trabalhos tiveram início com o discurso de abertura do Presidente do CEV, dom José Luis Azuaje Ayala, Arcebispo de Maracaibo, e a saudação do Núncio Apostólico, dom Aldo Giordano, em nome do Papa Francisco.

No centro, a situação no país

Durante os vários encontros, tentar-se-á aprofundar a situação do país, que se torna cada vez mais difícil, piorando em vez de melhorar, para procurar compreender como a Igreja pode levar ajuda e conforto à sofredora população venezuelana.

Precisamente sobre esta questão tão atual e espinhosa, não faltaram referências de dom Azuaje no discurso de abertura de hoje e, sobretudo, não faltará na habitual Exortação Pastoral, que será apresentada na próxima sexta-feira.

07 janeiro 2020, 17:09