Busca

Vatican News

Igreja paquistanesa celebra o "Ano da Juventude"

O Papa enviou cordiais saudações e assegurou suas orações aos jovens do Paquistão. O núncio leu a mensagem em que Francisco diz “rezar a fim de que nos próximos meses os jovens cresçam em união com Jesus Ressuscitado, no conhecimento e no amor pela fé católica e no serviço zelante em favor de seus irmãos”. Colocando sua juventude e seus dons a serviço do Senhor e da sua Igreja, se tornem sempre mais “testemunhas do Evangelho”, lê-se na mensagem

Cidade do Vaticano

A Igreja católica no Paquistão está vivendo, desde novembro, o Ano da Juventude. Os bispos do país celebraram o evento na Catedral do Sagrado Coração em Lahore, com mais de mil fiéis, sobretudo jovens, reunidos em festa, oriundos de todas as dioceses paquistanesas.

Ouça e compartilhe!

O bispo de Hyderabad e coordenador para o Ano da Juventude, dom Samson Shukardin, disse durante a homilia da missa, concelebrada por todos os bispos, na presença do núncio apostólico, dom Christophe El Kassis:

Melhorar capacidades e talentos dos jovens

“O Ano da Juventude no Paquistão é um momento em que a Igreja forma e reforça os jovens, comprometendo-se com o desenvolvimento deles no campo educacional, profissional e espiritual, para ouvir os desafios que devem enfrentar na era moderna e para ajudá-los em seu crescimento.”

“O bispo encorajou sacerdotes, religiosos, irmãs, catequistas e leigos a tomar ativamente a iniciativa para encontrar os jovens e criar oportunidade de melhorar suas capacidades e talentos.”

Depois disse: “Devemos trabalhar também para alcançar os jovens distantes da fé, em particular os que se encontram com vários tipos de dependências como a droga, ouvi-los e ajudá-los a sair de tais dependências”.

Papa assegura suas orações aos jovens do Paquistão

O arcebispo de Karachi, cardeal Jospeh Coutts, o núncio apostólico no país e outros bispos acenderam a vela do Ano da Juventude, enquanto o arcebispo de Lahore e presidente da Comissão  Episcopal para os Jovens, dom Sebastian Francis Shaw, e o bispo Shukardin, abriram o pergaminho com o anúncio oficial.

O Papa Francisco enviou cordiais saudações  e assegurou suas orações aos jovens do Paquistão. O núncio apostólico leu a mensagem em que o Papa Francisco diz “rezar a fim de que nos próximos meses os jovens cresçam em união com Jesus Ressuscitado, no conhecimento e no amor pela fé católica e no serviço zelante em favor de seus irmãos”.

Sempre mais testemunhas do Evangelho

Desse modo, colocando sua juventude e seus dons a serviço do Senhor e da sua Igreja, se tornem sempre mais “testemunhas do Evangelho onde quer que se encontrem”, exorta o Papa, confiando os jovens do Paquistão e suas famílias à intercessão de Maria, Mãe da Igreja, e concedendo a bênção apostólica.

(Fides)

02 dezembro 2019, 13:46