Busca

Vatican News
Missa presidida pelo Papa Francisco com a Primeira Comunhão, em Rakovski, Bulgária Missa presidida pelo Papa Francisco com a Primeira Comunhão, em Rakovski, Bulgária 

Família é escola de santidade, recordam bispos espanhóis em mensagem

As Bem-aventuranças são o itinerário para a santidade familiar, escrevem os bispos em uma mensagem em que exortam a olhar para o modelo da Sagrada Família, que "torna também as nossas famílias um lugar de comunhão e um Cenáculo de oração, autênticas escolas de evangelização e pequenas igrejas domésticas".

Cidade do Vaticano

"A família, escola e caminho para a santidade", é o título da mensagem que a Igreja Católica na Espanha divulgou em vista da festa da Sagrada Família, que neste ano é celebrada no domingo, 29 de dezembro. O documento - redigido pela Comissão Episcopal para a Família e a defesa da vida, presidida por Dom Mario Iceta Gavicagogeascoa - destaca antes de tudo que o matrimônio e a família são "a totalidade do amor de Cristo".

"A missão da família – lê-se no texto - é missão de santidade e é chamada ao amor recíproco na radicalidade e totalidade do amor de Cristo pela sua Igreja". Também central a ligação entre santidade matrimonial e caridade, conforme indicado na Exortação pós-sinodal "Amoris Laetitia" do Papa Francisco.

"A vida familiar cotidiana e concreta, com sua incrível riqueza e variedade, deve ser o verdadeiro conteúdo da santidade à qual somos chamados", reiteram os bispos espanhóis. Tal caminho não poderá ser marginal, mas deverá ser repleto de "acolhida, compromisso, dedicação, trabalho e serviço generoso para poder percorrer o caminho das Bem-aventuranças".

Nesta perspectiva, a Comissão Episcopal faz votos de um maior compromisso das famílias para com os sofredores e aqueles que esperam gestos de solidariedade, acolhida e caridade. "Devemos crescer na justiça na misericórdia, ou naquela virtude principal que, em família, se traduz em uma busca de compreensão, na atenção generosa, no perdão permanente e na consideração amorosa", recomenda a Igreja espanhola.

Os prelados enfatizam ademais, que "a consideração, o respeito e a acolhida da diversidade, a compreensão das várias situações, a aceitação do sofrimento, são características de uma família que vive a Bem-aventurança da paz", tornando-se assim "farol para muitas outras famílias e muitas outras pessoas".

Recordando por fim, que "precisamente as Bem-aventuranças são o itinerário da santidade familiar", a mensagem episcopal termina com a exortação para olhar para o modelo da Sagrada Família que "torna também as nossas famílias um lugar de comunhão e um Cenáculo de oração, autênticas escolas de evangelização e pequenas igrejas domésticas".

16 dezembro 2019, 09:35