Cerca

Vatican News

Dom Cascianelli: todos já sabiam que Irmã Dulce era uma grande Santa

Nosso entrevistado, o bispo da Diocese de Irecê - BA, Dom Tommaso Cascianelli, fala-nos sobre a como a Igreja no Brasil, mais precisamente, na Bahia, está vivendo este momento em vista desta canonização. Entre outras coisas, diz-nos que “todos já sabiam que Irmã Dulce era uma grande Santa”

Raimundo de Lima - Cidade do Vaticano

Amigo ouvinte, na edição de hoje damos continuidade neste espaço de formação e aprofundamento à entrevista que o bispo de Irecê - BA, Dom Tommaso Cascianelli, concedeu-nos ao Vatican News – Rádio Vaticano em vista da canonização de Irmã Dulce – o “Anjo bom da Bahia” – na solenidade canonizações que o Papa Francisco celebrará no domingo, 13 de outubro, no Vaticano.

Irmã Dulce será canonizada este domingo, 13 de outubro

Dom Tommaso foi orientador espiritual de Irmã Dulce nos últimos anos de vida da religiosa, de 1987 a 1992, quando em 22 de maio daquele ano, em Salvador onde nasceu e viveu, ela veio a falecer com fama de santidade.

A esse propósito, nosso entrevistado fala-nos sobre a como a Igreja no Brasil, mais precisamente, na Bahia, está vivendo este momento em vista desta canonização. Entre outras coisas, diz-nos que “todos já sabiam que Irmã Dulce era uma grande Santa”. Vamos ouvir (ouça na íntegra clicando acima).

11 outubro 2019, 20:38