Busca

Vatican News
Pe. Tony Neves, missionário Espiritano Pe. Tony Neves, missionário Espiritano 

Espiritanos: “Uma Igreja mais nas periferias e margens”

Entrevista à VATICAN NEWS do padre Tony Neves, 1º português a assumir a coordenação do serviço «Justiça, paz e integridade da criação» dos Espiritanos a nível global.

Domingos Pinto – Lisboa

“Tem sido um ano de descoberta e um ano de muito compromisso em áreas que são decisivas na opinião da igreja”, porque são áreas que “tocam a justiça e a paz em tudo o que tem a ver com a integridade da criação e também os dinamismos do diálogo, o diálogo ecuménico e o diálogo inter-religioso”.

É a experiência que o padre Tony Neves descreve ao portal da Santa Sé no balanço do seu 1º ano à frente daquela estrutura espiritana, que se completa esta terça-feira, 1 de outubro.

Ouça a reportagem

“São áreas de ponta, são missões de vanguarda”, diz o sacerdote que dá conta do trabalho realizado nas missões que visitou na Inglaterra, Angola, Brasil e Senegal, entre outras, uma experiência “rica pela pluralidade e pela radicalidade dos compromissos missionários no terreno”.

Já quanto às prioridades do seu mandato, o religioso aponta para “tudo o que tenha a ver com as missões complicadas em áreas marcadas pela pobreza, pela violência, pela instabilidade, “e dar prioridade à proposta do Papa Francisco que “tem a ver com uma igreja mais simples, mais próxima, mais testemunhante, mais nas periferias e margens”.

O Padre Tony Neves destaca nesta entrevista a recente visita papal a Moçambique, Madagáscar e Ilhas Maurícias, “áreas muito flageladas pela miséria humana”, e aponta para o exemplo dos fundadores da congregação.

“Foram homens das periferias, porque vieram das periferias e trabalharam muito em termos missionários pelos mais pobres, a começar pela 1ª evangelização”, explica o religioso espiritano.

“Essa é uma das nossas imagens de marca, é uma marca fundacional”, diz o padre Tony Neves, que foi provincial dos espiritanos portugueses durante seis anos.

Uma congregação com missões em 70 países e que celebrou em 2017 os 150 anos da sua presença em Portugal.

30 setembro 2019, 09:31