Cerca

Vatican News
O Papa Francisco em oração O Papa Francisco em oração 

Ação evangelizadora da Igreja no Brasil é marcada pelo Pontificado de Francisco

O arcebispo de Palmas - TO, Dom Pedro Brito Guimarães, evidencia-nos que aquilo que o Papa propõe em seu magistério é nada mais que o Evangelho de Jesus Cristo e aquilo que a Igreja deve ser. Nesse sentido, diz ser interessante a visão das diretrizes da ação evangelizadora da Igreja no Brasil, fortemente marcada pelo pensamento de Francisco

Raimundo de Lima - Cidade do Vaticano

Amigo ouvinte, prosseguimos em nosso quadro “Nova Evangelização e Concílio Vaticano II” com a participação do arcebispo de Palmas – TO, Dom Pedro Brito Guimarães, trazendo-nos este dias a caminhada da Igreja no Brasil e América Latina na esteira conciliar.

É o Espírito Santo quem conduz a Igreja

Tendo-nos precedentemente tecido suas considerações sobre a recepção e implementação do Vaticano II em nossa realidade latino-americana, nosso entrevistado volta-nos brevemente seu olhar para o Pontificado de Francisco afirmando, inicialmente, que com a renúncia de Bento XVI a eleição do primeiro Sucessor de Pedro latino-americano foi uma resposta do Espírito Santo às nossas orações.

 

Evidencia-nos que aquilo que o Papa Francisco propõe em seu magistério é nada mais que o Evangelho de Jesus Cristo e quilo que a Igreja deve ser. Nesse sentido, diz ser interessante a visão das diretrizes da ação evangelizadora da Igreja no Brasil, fortemente marcada pelo pensamento do Papa Francisco.

Destaca-nos ainda, face ao desafio pastoral de evangelizar o mundo urbano, a imagem da Igreja como uma família, uma casa – onde as pessoas vivem –, casa esta que tem quatro pilares: o pilar da Palavra, o pilar do Pão, o pilar da caridade e o pilar da atividade missionária.

O arcebispo de Palmas inicia suas ponderações tendo em conta que é o Espírito Santo quem conduz a Igreja e quem dá à mesma o Sucessor de Pedro de que esta precisa em cada período histórico. Vamos ouvir (ouça na íntegra clicando acima).

03 setembro 2019, 20:04