Busca

Vatican News
Registro das queimadas na Amazônia, na região de Rio Pardo, em Rondônia, em 16 de setembro de 2019 Registro das queimadas na Amazônia, na região de Rio Pardo, em Rondônia, em 16 de setembro de 2019 

Dom Odilo e as polêmicas do Sínodo Amazônico: o dever da Igreja é realizar sua missão

O arcebispo de São Paulo, dom Odilo Scherer, ao visitar a Rádio Vaticano neste mês, concedeu entrevista e abordou vários temas referentes ao Sínodo dos Bispos de outubro, no Vaticano, sobre a Amazônia. No trecho extraído para esta quinta-feira, 26 de setembro, o cardeal volta a falar sobre as questões polêmicas "que não estão na proposta de trabalho", mas também sobre a missão da Igreja que é de reflexão e comunhão num evento como esse.

Cidade do Vaticano

Em 10 dias começa o Sínodo dos Bispos no Vaticano que irá debater sobre a região pan-amazônica. Para compreender melhor o processo que será realizado pelos padres sinodais durante o mês de outubro, a Rádio Vaticano - Vatican News, entrevistou o arcebispo de São Paulo, dom Odilo Pedro Scherer, que esteve em Roma neste mês.

No trecho extraído para esta quinta-feira, 26 de setembro, o cardeal volta a falar sobre as questões polêmicas "que não estão na proposta de trabalho" do Sínodo Amazônico, mas também abordou sobre a missão e o dever da Igreja que é de reflexão e comunhão num evento como esse.

Dom Odilo já participou de quatro assembleias sinodais e também explica sobre o método de trabalho interno do Sínodo, que tem sofrico algumas mudanças com o decorrer dos anos, mas sempre com um objetivo distinto: de apresentar propostas e, no final, colocá-las "na mão do Papa para que faça a sua reflexão e seu documento pós-sinodal", afirma o arcebispo. O Sínodo, acrescenta ainda dom Odilo, é "um caminho de comunhão e de amadurecimento conjunto".

Ouça a entrevista especial e compartilhe
26 setembro 2019, 11:15