Busca

Vatican News
Velankanni é um famoso centro de peregrinação mariana na Diocese de Thanjavur, no sul da Índia, onde milhões de devotos visitam a Basílica todos os anos. Velankanni é um famoso centro de peregrinação mariana na Diocese de Thanjavur, no sul da Índia, onde milhões de devotos visitam a Basílica todos os anos.   (AFP or licensors)

Radicais hinduístas atacam peregrinos católicos na Índia

O grupo de católicos foi atacado por radicais hinduístas quando se dirigia para o Santuário mariano em Velankanni. A devoção mariana no local teve início quando marinheiros portugueses foram salvos de uma tempestade em alto mar e construíram uma igreja dedicada à Nossa Senhora da Boa Saúde.

Cidade do Vaticano

Cerca de 40 peregrinos católicos que se dirigiam ao famoso santuário mariano na cidade de Velankanni, no Estado de Tamil Nadu, foram atacados, insultados e espancados por um grupo de militantes radicais hinduístas.

Ouça e compartilhe!

Firme condenação da Igreja local

 

Segundo a Agência Fides, a Igreja local expressou firme condenação pelo episódio ocorrido em 18 de agosto.

Os peregrinos vinham do vizinho Estado de Karnataka e foram atacados por um grupo chamado "Hindu Munnani", que os acusava de fazer proselitismo.

O bispo Devadass Ambrose Mariadoss, à frente da Diocese de Thanjavur, expressou perplexidade e condenou o ocorrido, pedindo a intervenção das autoridades responsáveis.

O prelado explicou à Agência Fides que a peregrinação é um evento anual realizado há séculos. "Essa ação dos radicais hinduístas foi completamente insensata e gratuita”.

Liberdade religiosa em risco

 

“Os cidadãos indianos são livres para praticar sua religião de acordo com as disposições constitucionais indianas. Mas essa liberdade passou a ser restringida nos últimos tempos, como mostra o incidente", observou o bispo.

O padre L. Sahayaraj, vice-secretário do Conselho Episcopal de Tamil Nadu, disse à Fides que "a polícia deve agir com rigor contra os responsáveis pela violência".

Presas seis pessoas

 

Após o incidente, os peregrinos apresentaram uma denúncia ao superintendente da polícia que prendeu seis pessoas relacionadas às agressões. Outros 200 fiéis, então, reuniram-se na mesma área e acompanharam a caminhada em direção a Velankanni, demonstrando sua fé e devoção a Maria.

A peregrinação mariana de Velankanni

 

Velankanni é um famoso centro de peregrinação mariana na Diocese de Thanjavur, no sul da Índia, onde milhões de devotos visitam a Basílica todos os anos.

A história do lugar remonta ao século 16, quando a Virgem Maria apareceu para um menino portador de deficiência. Mais tarde, em 1597, uma nova aparição em Sundram, desta vez a um vendedor de leite.

Naqueles mesmos anos, alguns marinheiros portugueses que navegavam de Macau para o Sri Lanka depararam-se com uma terrível tempestade na Baía de Bengala e rezaram à Virgem Maria, prometendo construir uma igreja em sua homenagem caso fossem salvos.

Os marinheiros portugueses desembarcaram em segurança na área, dando início à devoção a Nossa Senhora da Boa Saúde, venerada em Velankanni.

Um dos santuários católicos mais importantes da Índia

 

O Santuário católico é considerado um dos locais de peregrinação mais importantes da Índia. As celebrações da festa da Virgem são realizadas de 29 de agosto e 8 de setembro de cada ano e reúnem milhares de peregrinos. (Agência Fides)

22 agosto 2019, 11:34