Busca

Vatican News
Um apelo à solidariedade também foi lançado pelo cardeal Oswald Gracias, presidente da Conferência Episcopal da Índia, a todas as dioceses da Índia, com o objetivo de buscar apoio às vítimas das inundações e deslizamentos de terra Um apelo à solidariedade também foi lançado pelo cardeal Oswald Gracias, presidente da Conferência Episcopal da Índia, a todas as dioceses da Índia, com o objetivo de buscar apoio às vítimas das inundações e deslizamentos de terra  (AFP or licensors)

A solidariedade da Igreja na Índia às vítimas das monções

Até o momento mais de 370 pessoas morreram em consequência de incidentes relacionados às inundações. A Caritas fez um apelo aos fiéis, Congregações e pessoas de boa vontade para "contribuírem generosamente para expressar solidariedade neste momento crucial".

Cidade do Vaticano

A Caritas Índia trabalha com governos estaduais e ONGs para levar alívio para milhões de pessoas afetadas pela fúria das monções e pelas chuvas intermitentes registradas em diferentes regiões da Índia no mês de agosto.

Ouça e compartilhe!

"Estamos nos coordenando com os governos estaduais e agências humanitárias para dar nossa contribuição em resposta às catástrofes", declarou à Agência Fides padre Paul Moonjely, diretor executivo da Caritas Índia. A Caritas fez um apelo aos fiéis, Congregações e pessoas de boa vontade para "contribuírem generosamente para expressar solidariedade neste momento crucial".

A equipe da Caritas está avaliando as necessidades das comunidades locais, ajudando os parceiros diocesanos nos Estados afetados pelas chuvas das monções: Andhra Pradesh, Assam, Bihar, Gujarat, Kerala, Karnataka, Maharashtra, Orissa e Tamil Nadu. Até agora, mais de 370 pessoas morreram em incidentes relacionados às inundações. O número de vítimas pode continuar aumentando, com mais de 4,7 milhões de pessoas deslocadas em milhares de campos de refugiados instalados nesses Estados.

Atualmente, a Caritas Índia fornece ajuda de emergência, como alimentos, água, itens não alimentares, kits de higiene, para 10.000 famílias em Kolhapur e Sangli em Maharasthra; em Kasaragod, Wayanad, Malappuram e Kannur, em Kerala; em Nilgiri em Tamil Nadu; em Belgaum e Karwar, em Karnataka; em Eluru e Vizag em Andhra Pradesh.

"Um apelo à solidariedade foi lançado pelo cardeal Oswald Gracias, presidente da Conferência Episcopal da Índia, a todas as dioceses do país, com o objetivo de buscar apoio às vítimas das inundações e deslizamentos de terra", diz o padre Moonjely.

Entre as várias intervenções, aquelas em benefício das cerca de 700.000 pessoas deslocadas por causa das inundações no Estado de Karnataka, onde a Caritas Índia está trabalhando com cinco parceiros em nove dos 17 distritos atingidos.

O Estado de Kerala também foi novamente atingido por devastadoras inundações. A Caritas Índia se mobilizou para coordenar intervenções humanitárias nos povoados mais atingidos.

Padre Jolly Puthenpura, representante da Caritas Índia, está visitando as áreas afetadas pela inundação para avaliar os danos e elaborar uma resposta adequada a essa calamidade. A equipe de voluntários da Caritas Índia, chamada de "Samaritanos da Caritas", estão empenhados em levar as primeiras ajudas humanitárias. (Agência Fides)

 

22 agosto 2019, 08:58