Cerca

Vatican News
Papa Francisco com os núncios apostólicos em 13 de junho de 2019 Papa Francisco com os núncios apostólicos em 13 de junho de 2019  (Vatican Media)

Papa aceita renúncia por limite de idade de núncios em Portugal e Espanha

Deixam o cargo, após terem completado 75 anos, os núncios em Lisboa Dom Rino Passigato, e em Madri Dom Renzo Fratini. Com o Motu proprio "Aprender a despedir-se", o procedimento de renúncia dos representantes pontifícios segue as mesmas modalidades dos bispos e chefes de Dicastérios da Cúria.

Cidade do Vaticano

O Papa Francisco aceitou nesta quinta-feira, 4,  a renúncia por limite de idade apresentada pelos núncios apostólicos em Portugal, Dom Rino Passigato, e na Espanha e no Principado de Andorra, Dom Renzo Fratini.

Seguindo as novas regras estabelecidas pelo Motu proprio "Aprender a despedir-se", de 12 de fevereiro de 2018, os núncios seguem o mesmo procedimento dos bispos e chefes de Dicastério da Cúria Romana não cardeais.

 

Também os representantes pontifícios "não cessam ipso facto de seu ofício ao completarem setenta e cinco anos de idade, mas em tal circunstância devem apresentar sua renúncia ao Sumo Pontífice”.

Para ser eficaz, a renúncia deve ser aceita pelo Papa. Por esta razão, o Boletim da Sala de Imprensa da Santa Sé publica agora não somente as nomeações, mas também as renúncias aos núncios apostólicos.

 

04 julho 2019, 13:16